À procura de um bom risoto, o Cliente Oculto visitou o restaurante Fatto Di Amore, localizado na Avenida Bom Pastor, em Campo Grande. Com ambiente agradável, à meia-luz, o estabelecimento surgiu após sucesso do food truck.

Ao chegar ao restaurante, a primeira surpresa foi com a decoração do local, um ambiente bastante aconchegante, cujas mesas ficam dispostas em ambiente interno climatizado e também ao ar livre.

Assim, a reportagem optou pelo ambiente aberto. O Cliente Oculto visitou o restaurante em uma quinta-feira, dia em que o estabelecimento oferece o sistema “rolha livre”, ou seja, você pode levar seu próprio vinho.

E não poderia ser diferente. Apesar de uma carta de vinhos variados, entre tintos, brancos, rosados e também espumantes, optei por levar as próprias garrafas. No plural mesmo, já que o Cliente Oculto estava acompanhado de amigos.

Focaccia da Casa

Vinhos no balde e desconto nos drinks

No restaurante, os vinhos são colocados em um balde com gelo, para ficarem na temperatura ideal. Além disso, o restaurante também oferece, às quintas-feiras, desconto nos drinks, tendo um cardápio variado de outras opções de bebidas.

As opções de entrada da casa são 6, mas, o Cliente Oculto optou por duas delas, a Focaccia da Casa e a Focaccia Al Provolone, uma opção recheada. Ambas as entradas são bem servidas, sendo que a primeira vem com manteiga e tomatinhos confitados como acompanhamento.

A primeira a um custo de R$ 24,90 e a segunda, em tamanho pequeno – que serviu as 5 pessoas – a R$ 39 e a grande a R$ 58,90.

Queria uma opção e não encontrei

Também há no cardápio duas opções de salada: Caprese e Salmone. Já os pratos, entre pastas e risotos, são 14 as opções. Antes, eu já havia pesquisado a página do do restaurante e queria provar o Risoto Milanês com Ossobuco.

Porém, foi informado que o prato só é disponível no almoço, quando é servido também o menu executivo, a R$ 46,90. Então, a opção escolhida foi o Risoto Al Funghi, mas, verificou que a opção não é servida com filé mignon, como é comum em outros restaurantes.

Para o acréscimo da , o valor é de R$ 24. Mesmo assim, o Cliente decidiu provar o prato – sem o adicional – que é bem servido e custa R$ 56,90. Com três opções de cogumelos, o risoto também estava ao gosto do Cliente Oculto, com bastante queijo e no ponto certo.

Pizzas napolitanas, de longa fermentação

Ainda há no cardápio 5 variedades de pratos com carne e 6 sabores de pizza. As pizzas são estilo napolitana, de longa fermentação. De todos os pratos, o mais barato é o Bambini, prato infantil que é um spaghetti ao molho sugo com polpetas, a R$ 38,90.

Em segundo lugar, o Spathetti Carbonara, a R$ 52. A maioria dos risotos e pastas custa entre R$ 52 e R$ 59,90, sendo o prato mais caro o Risoto de Limão Siciliano com Camarões, a R$ 75,90, seguido do Salmão Con Riso Negro, a R$ 72,90.

Os amigos do Cliente Oculto escolheram pratos variados, Carbonara, Parpadelle Verdi, Funghi e Filé, Lasanha de Fraldinha com Stracciatella e o risoto que leva o nome da casa, Fatto Di Amore. Os pratos são bem servidos e foram aprovados em qualidade e sabor.

Sobremesas aprovadas

Por fim, mesmo já satisfeito, o Cliente Oculto não poderia deixar passar a sobremesa. E também não deixaria de provar ao menos duas opções. Foram elas o Tiramisù e a Panna Cotta de Limoncello. Os doces foram aprovadíssimos, sendo o Tiramisù o favorito da mesa.

Tiramisù e Panna Cotta

Com a entrada e a sobremesa, divididas entre os clientes da mesa, além do prato principal e o serviço, o Cliente Oculto gastou um total de R$ 100.

A avaliação é que o atendimento foi bom. É permitida entrada de vendedor ambulante no local, o que para alguns pode vir a ser um incômodo, mas não foi uma questão minha. Os pratos também foram servidos rapidamente.

Tem couvert acústico?

No dia em que o Cliente Oculto foi ao restaurante também havia apresentação ao vivo. Apesar de não saber antecipadamente, o Cliente acabou pagando o couvert acústico de R$ 6,90 por apresentação de um saxofonista.

O som estava agradável e não foi um problema, embora alguns clientes que estavam sentados ao lado tenham mudado de mesa para não ficarem tão próximos à atração.

Pontos positivos

  • Variedade de pratos
  • Atendimento rápido e organizado
  • Pratos bem servidos e no ponto e temperatura certos
  • Ambiente e Instagramável
  • Atendimento e reserva podem ser feitos pelo WhatsApp

Pontos negativos

  • Cardápio de pratos principais muda conforme o horário
  • Poucas informações no Instagram da página
  • Pela localização, pode haver dificuldade para estacionar

Veja locais por onde o Cliente Oculto já passou em Campo Grande:

Cachorro-quente

Salaminho e rúcula no cachorro-quente é uma boa? Cliente Oculto confere ‘dogs’ diferentes em CG

Cliente oculto experimenta hot dog de 23 cm no Pioneiros que tem cachorro até na decoração do teto

Petisco e ‘cerva’

Futebol não é só no Centro: Cliente Oculto vai em bar no Taveirópolis petiscar e ‘tomar uma’

Peixes

Cliente oculto faz bate e volta para comer peixada em restaurante na beira do rio

Aprovado? Por menos de R$ 50, Cliente Oculto experimenta self-service de peixe em Campo Grande

Comida árabe

Cliente Oculto aposta na gastronomia árabe em almoço bem servido no Centro de Campo Grande

Comida no Centro

Self-service em panelas de barro e por R$ 25 no Centro? Cliente Oculto foi conferir se é bom mesmo

Rodízios

Compensa? Cliente oculto experimenta rodízio de espetinho por R$ 35 no bairro São Francisco

Cliente Oculto visita pizzaria tradicional para saber se qualidade se manteve após 20 anos

Nos bairros

Com saudade do tempero de vó, Cliente Oculto prova feijoada à vontade por R$ 42,90

Programa de casal: com R$ 100, dá para comer pizza e medalhão à vontade em espetaria do Tijuca?

Burguer para todo mundo? Cliente Oculto visita lanchonete na Vila Olinda com opção vegana

Cliente oculto: almoço pantaneiro em Campo Grande faz mesmo ‘se sentir’ no Pantanal?

Pensando no almoço de domingo, Cliente Oculto experimenta parmegiana no Jardim São Bento

Cliente Oculto estreia em restaurante nas Moreninhas, que oferece ‘expressinhos’ a R$ 10

Sushi

Cliente Oculto se aventura na culinária japonesa e vai a restaurante para quem tem muita fome

Yakisoba

É bom ou não? Cliente Oculto vai até a Vila Bandeirante provar Yakisoba em Campo Grande

Batata recheada

É boa mesmo? Cliente Oculto prova famosa batata recheada no Carandá Bosque

Bifão

Dá conta? Cliente Oculto confere porção de 2 quilos de batata frita e bifão no Jardim Panamá

Pastel, açaí e milk shake

Cliente Oculto chega ao Tiradentes para provar pastel doce, garapa e açaí a partir de R$ 4

Vale a pena? Cliente oculto experimenta franquia de milk shakes que abriu na Vila Nasser

Frango

Frango assado no fim de semana? Cliente Oculto prova combo que promete servir família por R$ 67

Saiba Mais