Nesta semana o Cliente Oculto se aventurou no universo da japonesa e fez parada no corredor gastronômico de Campo Grande, a Avenida Bom Pastor. Ávido pela experiência, o repórter disfarçado saboreou os pratos do restaurante Tako Cozinha Oriental.

De modo geral, as opiniões sobre a comida oriental não se abrem muito ao meio termo e se dividem, basicamente, entre o time dos que amam e a turma dos que não foram seduzidos pelo sabor. De antemão, o infiltrado que vos escreve admite ser um amante dos sushi e afins, inclusive, com a oportunidade de já ter conhecido alguns dos melhores e piores restaurantes da cidade. 

(Foto Cliente Oculto)

Por feliz surpresa, o Tako entra para a lista dos lugares com pratos mais deliciosos em que já estive, mas, vai uma dica: se decidirem visitar o espaço, reservem lugar no estômago porque é comida que não acaba mais. 

Chegamos ao local pouco depois das 20h e na parte interna quase todas as mesas já estavam ocupadas. O espaço é simples, mas, não deixa a desejar. No salão, allguns itens de decoração compõem o ambiente que é climatizado e com vibe bem aconchegante, o que permite uma boa conversa entre quem senta à mesa.

Banheiros bem limpos e funcionários atentos

A limpeza é um ponto positivo, inclusive nos banheiros. No atendimento, funcionários estiveram sempre à vista e a simpatia no trato deixou todo mundo confortável. De tempo em tempo, eles percorriam entre as mesas perguntando se precisávamos de algo e se colocando à disposição. 

E vamos aos pratos! Além de sushis, temakis e sashimis à la carte, nas versões tradicionais e especiais, o restaurante oferece combinados das opções. Para quem não é muito fã de peixe, existem pratos que não incluem frutos do mar, como frango xadrez, porco agridoce, sobá, yakimeshi e shimeji.

Cardápio tem até sushis veganos e saquês

São mais de 60 opções no cardápio, que incluem pratos frios, quentes, sobremesas e até opções de shushis veganos. Os preços variam de R$ 14 a R$ 156 e a carta de bebidas tem saquês, drinks, sucos, cervejas e refrigerantes.

Para conseguir provar um pouco de tudo escolhemos o rodízio completo por R$ 139,90, mas também é possível pedir a versão simples que sai por R$ 94,90. O valor pago é um pouco salgado, mas analisando a quantidade, variedade e sabor dos pratos, compensa  o investimento.

Diferente dos restaurantes que rodam bandejas de mesa em mesa, no Tako os combinados de entradas, pratos principais e sobremesas sao servidos sequencialmente com todos os itens. Há também uma lista de pratos que não estão inclusos nas três entradas, mas que podem ser pedidos separadamente. Ao todo são 29 opções em porções fartas e se quiser, o cliente pode repetir.

Os pratos quentes chegaram à mesa realmente quentes e todas as opções com frutos do mar estavam frescas.

‘Polvo, ceviche e sushis joe estavam uma delícia à parte', avalia Cliente Oculto

Na lista do que é entregue estão: sunomono, shimeji na manteiga, hot filadelfia, seis tipos de sushis joe, quatro tipos de uramaki, sobá, isca de tilápia, três tipos de temakis, dois de hossomaki, entre outros. Destaque para o ceviche de tilápia, polvo e os sushis joe que estavam uma delicia à parte.

A vem muito bem apresentado. (Foto Cliente Oculto)

Na sobremesa, huramakis de prestígio, banana com doce de leite e canela e banana empanada com doce de leite. No combinado que fecha o rodízio, as opções não são tão carregadas no açúcar e dá para comer bem e sem enjoar.

O Tako taxa de 10% com pagamento opcional. Na hora de finalizar eles perguntam se o cliente quer ou não pagar o adicional de serviço. O caixa recebe cartões de débito, crédito e pix.

Um dos pontos negativos sem dúvida é o estacionamneto. Por se tratar de um restaurante na Avenida Bom Pastor, conhecida pelo grande fluxo de pessoas e automóveis, locais apropriados para deixar veículos são um problema e o restaurante não possui estacionamento próprio.

Veja como foi a experiência do Cliente Oculto:

Conheça os locais por onde o Cliente Oculto já passou: