Você viu? Após ensinar receita de chipa (mesmo que errada), a novela das nove da TV Globo, “Terra e Paixão”, colocou o típico sobá sul-mato-grossense na casa dos brasileiros, em pleno horário nobre da casa. Esta foi a primeira vez que o prato, de origem japonesa e adaptado pelos campo-grandenses, foi mencionado em uma telenovela.

Empolgado após saber que contribuiu e agradou a população de MS ao escrever cenas explicando que este Mato Grosso é “do Sul”, o autor Walcyr Carrasco passou a inserir mais elementos sul-mato-grossenses em seu folhetim, que é ambientado no Estado.

Primeiro, veio a chipa e agora o sobá. Em cena exibida nesta sexta-feira (17), durante o capítulo 167, os protagonistas Aline (Bárbara Reis) e Caio (Cauã Reymond) jogavam dama com o pequeno João (Matheus Assis), quando Jussara (Tatiana Tibúrcio) anunciou:

“Olha aqui, o jantar está pronto. Eu fiz um sobá delicioso”, avisou a matriarca. “Eita, eu já tô até sentindo um cheirinho, viu”, completou o personagem de Cauã Reymond.

Sobá apareceu do mesmo jeito que a chipa: na casa de Aline e também pelas mãos de Jussara - (Foto: TV Globo)
Sobá apareceu do mesmo jeito que a chipa: na casa de Aline e também pelas mãos de Jussara – (Foto: TV Globo)

Diferente do episódio que destacou a chipa, “Terra e Paixão” não ensinou receita de sobá e nem falou mais sobre o prato. Ele apenas foi servido e citado – o suficiente para causar alvoroço nos moradores de MS, que consideraram a cena histórica para a cultura local.

Apesar de não explicar ao público brasileiro (que desconhece a iguaria) o que é o sobá, a novela exibiu sobre a mesa pratos fundos montados com o macarrão, a carne e o cheiro-verde. Foi desse modo que o sobá caseiro de dona Jussara levou para a telinha dos brasileiros a comida tradicional de Mato Grosso do Sul, que vem sendo exaltada em horário nobre.

Sobá apareceu do mesmo jeito que a chipa: na casa de Aline e também pelas mãos de Jussara - (Foto: TV Globo)
Núcleo principal falou em sobá na novela das nove – (Foto: TV Globo)

Logo, aqueles que não conhecem, logo correram para o Google pesquisar a iguaria citada na trama. Nas redes sociais, internautas sul-mato-grossenses vibraram com a representatividade e comemoraram as novas abordagens de “Terra e Paixão” em relação ao Estado.

“Histórico personagens de novela comendo sobá em casa. #TerraEPaixão melhorou bastante na representação de MS”, “Gente, falaram de sobá na novela. Amei”, “O grito que eu dei hora que a dona Jussara falou que fez um sobá, agora só tá faltando a sopa paraguaia”, foram alguns comentários.

De fato, até o momento, entre os mais famosos pratos típicos de Mato Grosso do Sul, apenas a sopa paraguaia ainda não deu o ar da graça em “Terra e Paixão”. Será que vai ficar para o último capítulo?

Típico sobá campo-grandense - (Foto: Arquivo Midiamax)
Típico sobá campo-grandense – (Foto: Arquivo Midiamax)

O que é sobá?

Não tem concorrência: o prato mais típico de Campo Grande é o sobá, a sopa de macarrão com carne de porco, que de tão marcante tornou-se patrimônio cultural imaterial da cidade desde 2006. É, possivelmente, a principal herança da imigração japonesa na Capital sul-mato-grossense que enraizou-se na ‘identidade’ campo-grandense, até porque agrada todas as tribos da cidade.

A receita não muda muito: macarrão cozido no tutano do boi, que dá o gosto e o caldo característico. Para completar, carne de porco fritinha, assim como o ovo picado, com salsinha, cebolinha, shoyu e gengibre à gosto. É servido quente, o que acalenta o estômago no inverno, mas igualmente indispensável quando a temperatura máxima chega aos 35º.

A história do sobá confunde-se com a instalação da cultura japonesa da cidade. A sopa, cujo nome original é toshikoshi-soba, é nativo de Okinawa, o arquipélago japonês de onde vieram boa parte dos imigrantes atualmente em Mato Grosso do Sul. Vale lembrar, também, que por aqui a receita ganhou toques que o diferenciam em parte da original. Por esta especificidade, logo, é raro ver a iguaria em outros lugares do Brasil e até do mundo.

Fale com o WhatsApp do MidiaMAIS!

Tem algo legal para compartilhar com a gente? Fale direto com os jornalistas do MidiaMAIS através do WhatsApp.

Mergulhe no universo do entretenimento e da cultura participando do nosso grupo no Facebook: um lugar aberto ao bate-papo, troca de informação, sugestões, enquetes e muito mais. Você também pode acompanhar nossas atualizações no Instagram e no Tiktok.

*Material editado para correção de informações