Carlão vai se reunir com vereadores para definir se uso de máscaras seguirá obrigatório na 3ª

Obrigatoriedade do uso de máscaras foi decretada novamente depois do aumento de casos de Covid-19
| 20/06/2022
- 11:50
Uso de máscaras
Vereadores de Campo Grande durante sessão. - (Foto: Izaías Medeiros, CMCG, Arquivo).

O presidente da Municipal, vereador Carlos Augusto Borges, conhecido como Carlão (PSB), vai se reunir com vereadores para definir a continuidade ou não do uso de máscaras.

A retomada da utilização do equipamento de proteção individual foi decidida devido ao aumento de casos de na Casa de Leis.

Na ocasião em que confirmou a volta, decretada oficialmente um dia depois, o dirigente disse pelo menos 10 servidores tinham sido positivados com a doença. Dois vereadores falaram, no mesmo dia, que tinham sido diagnosticados também.

Depois, Carlão afirmou que a obrigatoriedade valeria de forma temporária, por isso a reunião agora vai avaliar se mantém a medida ou se deixa como recomendável o uso.

Uso de máscaras

Exceto em fevereiro, desde que a Câmara Municipal iniciou o ano legislativo, as sessões estão em modo presencial, embora o trabalho remoto continue acontecendo.

De forma gradual e de acordo com o abrandamento da pandemia, a permissão de público no plenário sem distanciamento, expediente o dia todo e desobrigação do uso de máscaras foi sendo adotado.

Otávio Trad e Silvio Pitu, ambos do PSD, anunciaram o resultado positivo para doença na sessão do dia 3 de junho.

Veja também

Últimas notícias