A passagem apoteótica de Bruno Mars pelo Brasil, com dois e um vídeo homenageando os brasileiros, o qual já possui mais de 50 milhões de visualizações, inspirou muita gente, principalmente quem atua com o mix de som e imagens. E foi o prato cheio para quatro amigos, que decidiram saudar Corumbá pelos 245 anos, comemorados nessa quinta-feira (21).

“A gente resolveu juntar os amigos para fazer este vídeo, este foi o intuito. Um amigo nosso teve um problema de saúde e ficou um tempo afastado. Ele é videomaker também, então, foi tipo uma retomada dos nossos trabalhos. Nós vimos a repercussão do vídeo do Bruno Mars, que tinha viralizado, daí resolvemos pegar e fazer semelhante para o aniversário da cidade”, afirmou ao Jornal Midiamax o repórter fotográfico Anderson Gallo.

Ao estilo ‘Bruno Mars', corumbaenses fazem homenagem em aniversário da cidade (Reprodução)

Segundo o profissional, a retomado do amigo foi uma grande alegria para todos, que passaram cerca de três horas e meia, na última terça-feira (19), fazendo as gravações.

“É o que a gente vive e gosta de fazer. Foi a maneira que encontramos e não esperávamos tudo isso. Fizemos mais por nós mesmo, não esperava tamanha repercussão, todo esse boom que deu”, disse Gallo.

Além dele, os profissionais Leonardo Amaral, Jhonie Midon e Pedro Cleve também participaram. Postado nas redes sociais, o vídeo foi muito elogiado.

Na legenda, eles dizem: “Come To , !! É do tamanho do mundo o nosso amor por essa terra, essa água, esse céu, esse Pantanal! Ala, que 245 anos é tempo guri!! E quem é daqui sabe o quanto de história temos pra contar! Corumbaense de verdade sabe o quanto de beleza temos pra mostrar! Só quem ama de verdade sabe, sem mula, que definitivamente, melhor não há, nem cá e muito menos lá! Uma homenagem da equipe Fora do Roteiro e Vitrine Virtual aos 245 anos da nossa Cidade Branca!!!”, finalizaram.

Veja o vídeo:

Festividades canceladas

Recentemente, por conta da tempestade que devastou a cidade na semana passada, as festividades foram canceladas em Corumbá, município a 426 km de Campo Grande.

A cidade é um destino turístico importante no Estado, tradicionalmente conhecido como Capital do Pantanal e atualmente possui aproximadamente 96.268 habitantes.  

Na última terça-feira (12), a cidade que se preparava para a comemoração do aniversário lidou com uma tragédia causada por uma nuvem funil, fenômeno que levou uma tempestade para a cidade. Uma de 7 anos morreu depois da cobertura do ginásio de uma escola desabar.

A cidade ainda trabalha para se recuperar dos prejuízos que somam R$ 3,7 milhões. Situação de emergência foi reconhecida pelo Estado nesta semana.

História de Corumbá

Cidade de Corumbá (divulgação)

É uma das mais antigas cidades conservadas deste Estado, considerando a data de fundação do Forte Coimbra de 13 de setembro de 1775. E as disputas por território entre portugueses e espanhóis estão na origem da cidade, cujo primeiro vilarejo surgiu em 1778, com o nome de Vila de Nossa Senhora da Conceição de Albuquerque, fundada pelo sargento-mor Marcelino Rois Camponês, a mando do Governador da Capitania de Mato Grosso, o Capitão-General Luís de Albuquerque de Mello Pereira e Cáceres.

A cidade sempre foi muito estratégica regionalmente para a entrada das mercadorias europeias e sua localização, após a serra de Albuquerque (que finaliza o Pantanal ao sul), no último trecho facilmente navegável do Rio Paraguai para embarcações de maior calado e a beira do Pantanal. Se tornando o mais importante porto do estado de Mato Grosso do Sul e um dos mais importantes portos fluviais do Brasil e do mundo. Situada na margem direita do rio Paraguai e também na tríplice fronteira entre o Brasil, o Paraguai e a Bolívia, Corumbá é considerado o primeiro polo de desenvolvimento da região.

Corumbá abriga 60% do Pantanal sul-mato-grossense, 37% do Pantanal brasileiro, 30% do Pantanal sul-americano e algo em torno de 10% do Chaco sul-americano. Com isso passou a ser chamada de Capital do Pantanal, constituindo-se o principal portal para o santuário ecológico.

Outro nome por qual o município também é chamado é Cidade Branca devido à cor clara de seu solo, rico em calcário.