O deputado estadual, Rinaldo Modesto (Podemos), avaliou, na manhã desta quarta-feira (17) que a posse de Rose Modesto (União) ajuda na espiral de crescimento de Mato Grosso do Sul. A ex-deputada federal será empossada na Sudeco (Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste), em .

“Apesar de vir de um estado com uma população não tão grande, nossa economia é forte e contribui muito para o PIB [Produto Interno Bruto] do Brasil. E a Rose vai ajudar nesse processo de industrialização”, comentou.

Irmão de Rose, Rinaldo disse que representa a família e a Alems (Assembleia Legislativa do Estado de MS) no evento e que a ex-deputada, a primeira no cargo, fortalece o empoderamento feminino.

“Isso contribui no empoderamento da mulher. A Rose, com toda sua experiência e interlocução política, vai poder ajudar Mato Grosso, e o . Mas com certeza terá um olhar especial para Mato Grosso do Sul”, disse.

O Jornal Midiamax acompanha no Distrito Federal a posse da nova titular da Sudeco.

Posse de Rose Modesto na Sudeco

A ex-deputada federal Rose Modesto (União/MS) toma posse nesta quarta-feira (17) como titular da Sudeco. A solenidade está sendo realizada no auditório do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional, em Brasília (DF).

Rose foi nomeada no início do mês e já começou a trabalhar na semana passada. Hoje será formalmente empossada no cargo pelo ministro Waldez Góes.

A superintendência trabalha com dois fundos, o FCO (Fundo Constitucional de do Centro-Oeste) e o FDCO (Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste) e para este ano, de um fundo de R$ 10,5 bilhões, R$ 2,3 bilhões serão destinados à Mato Grosso do Sul.

“Esse fundo é somente do FCO e tem R$ 1 bilhão do FDCO, esse é livre para quem apresentar projetos. Se MS tiver uma quantidade de projetos maiores aprovados, é o estado que ficará com maior recurso, esse dinheiro é para investir na empresa, para ampliar os investimentos das empresas que já existem também e para iniciar também, a empresa que quer nascer hoje ela vai em busca desse fundo”, explicou Rose em entrevista na semana passada ao Jornal Midiamax.

Como primeira mulher a ser nomeada superintendente da pasta, Rose Modesto pontua se sentir honrada e promete se dedicar na função com um ‘olhar especial para Mato Grosso do Sul'.

Conforme explicou, os estados de Mato Grosso e de Goiás têm ficado com 33% cada dos recursos do fundo e a frente da Sudeco, promete trabalhar na equidade dos recursos.

“MS tem uma população menor, mas o que a gente entrega para a economia, a contribuição que dá para o PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil, até por conta do agro, é muito mais expressivo. Então queremos que MS tenha um valor maior de investimento para o ano que vem. Vou trabalhar para a região toda, mas com um olhar muito especial para Mato Grosso do Sul”, afirmou.