Como novos pré-candidatos, Psol-MS marca convenção para 24 de julho

Partido anunciou novos pré-candidatos ao Governo de MS e ao Senado
| 08/07/2022
- 15:15
pré-candidatos psol
Psol-MS recebeu visita da Executiva Nacional. Foto: Reprodução | Psol-MS.

O Psol (Partido Socialismo e Liberdade) de Mato Grosso do Sul marcou a convenção partidária para 24 de julho. A legenda apresentou nesta sexta-feira (8) novos pré-candidatos para as Eleições de 2022.

Como candidato ao Governo do Estado, a legenda definiu o nome de Adonis Marcos. Segundo a presidente do Psol, Margila Legal, o partido escolheu o professor Sidnei Melo para concorrer à cadeira no Federal.

Em reunião nesta quinta-feira (7), o partido definiu os novos nomes dos pré-candidatos após a saída de Luhhara Arguelho da corrida ao Governo de MS. Agora, ela segue como pré-candidata a deputada federal.

A convenção do partido deve firmar os pré-candidatos na disputa eleitoral. “Estarei eu que faço parte do diretório nacional e mais algum representante da executiva nacional”, informou a presidente da legenda.

Desistência

Sobre a Luhhara, o partido informou que ela desistiu da candidatura para ajudar a sigla a bater as cláusulas de barreira. "Essa eleição de 2022 é uma eleição mais difícil do que a de 2018, as cláusulas de barreira são maiores. E ela quer ajudar o Psol nessa questão", afirmou assessoria da pré-candidata.

Em carta de manifesto, a pré-candidata agradeceu “a confiança depositada no meu nome para ser a pré-candidata escolhida no primeiro momento ao Governo do meu estado”. Ainda no Partido Socialismo e Liberdade, Luhhara disse que está “no Partido certo no momento certo” e destacou a federação firmada entre o Psol e a Rede.

A pré-candidata a deputada federal disse que a federação tem “compromisso de reconstruir o nosso Brasil com Lula presidente”. Na carta de retirada do nome ao Governo de MS, Luhhara ressaltou que não desistiu do cargo, “só vou cumprir outra tarefa que é ser a sua candidata ao Parlamento como Deputada Federal”.

Por fim, Luhhara agradeceu às mulheres que já haviam declarado voto e apoio à candidatura ao e desejou que o apoio siga na pré-candidatura à Câmara dos Deputados.

Veja também

Ministros terminaram sessão sem analisar retroatividade da Lei da Improbidade

Últimas notícias