Secretário especial do governo de MS, Marco Aurélio Santullo deixa União Brasil

Expectativa é de que ele siga para o PP, partido da ministra Tereza Cristina
| 22/03/2022
- 14:25
Santullo ao lado da ministra Tereza Cristina
Santullo ao lado da ministra Tereza Cristina, sua aliada na política - Arquivo

O Carlos Alberto Garcete de Almeida, da 36ª Zona Eleitoral de Campo Grande, deferiu o pedido de Marco Aurélio Santullo para se desfiliar do União Brasil. A decisão foi publicada em Diário Oficial pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul).

Até então secretário do DEM (Democratas), Santullo, que é o secretário especial de Articulação Política do Governo do Estado, apontou como justificativa para sua saída a fusão do partido com o PSL (Partido Social Liberal), que resultou na criação do União.

A expectativa agora é de que ele possa ir para o PP (Partido Progressistas), seguindo os passos de sua aliada na política, a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, que aceitou o convite para presidir o diretório regional da agremiação.

Santullo foi nomeado no alto escalão do Executivo em dezembro do ano passado, juntamente com o deputado estadual (MDB), que por sua vez, ocupa desde então o posto de chefe da Segov (Secretaria de Governo de Mato Grosso do Sul).

Veja também

Projeto aprovado vai arcar despesas de R$ 500 do auxílio aluguel do Recomeçar Moradia

Últimas notícias