O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), nomeou novamente o suplente de (PSDB) como titular da SES (Secretaria de Estado de Saúde). O decreto consta em edição extra do DOE (Diário Oficial Eletrônico) publicada nesta quarta-feira (3).

Resende foi exonerado temporariamente para assumir a cadeira de (DEM) na Câmara dos Deputados. A democrata deixou o Ministério da Agricultura para participar da eleição da Mesa Diretora, mas já retornou à pasta.

O tucano precisou assumir a cadeira para evitar perder a suplência. Com sua volta à SES, reassume a vaga a segunda suplente, a ex-primeira-dama de Corumbá Bia Cavassa (PSDB).

Burocraticamente, todas as vezes que Tereza Cristina é exonerada e novamente nomeada no Ministério da Agricultura, o secretário precisa assumir seu lugar por ser suplente imediato, como aconteceu na época das votações para a Reforma da Previdência, em 2019.