Vereadores foram ao Jardim Botafogo na manhã desta quarta

Falta de infraestrutura e abandono. As reclamações de moradores da região do Jardim Botafogo, sul de , que recebe sessão comunitária da Câmara Municipal nesta quarta-feira (3), não são muito diferentes das de outras regiões, onde sobram promessas.

“A gente não existe só na época da política, quando muitos prometem e depois não fazem nada”, disse ao microfone Ana Glória Correa, moradora do Jardim Portugal. No bairro, conta ela, a rede de esgoto demorou a chegar e, até agora, não tem asfalto: “quem vive de promessa é santo”, finaliza.

No Jardim Botafogo havia placas anunciando asfalto. As sinalizações sumiram sem que a obra fosse feita, segundo lembrou o morador Pedro Sobrinho, diante de 14 vereadores presentes na sessão, de um total de 29: “olhem com mais carinho e respeito para a gente”, pediu.

Francisco Assis do Vale foi à sessão reclamar da “realidade cruel” na região, onde não há opções de lazer e falta drenagem nas vias. Segundo ele, há muitos alagamentos em ruas do Botafogo, cenário que o morador classifica de “indigno”.

Reclamação no mesmo sentido foi feita pelo agente de saúde Gilson dos Santos. Há seis bairros com muitos alagamentos e faltam respostas do Poder Público sobre projetos de obras, disse ele.