Presidente nacional do PP deixa para falar sobre impugnação de Bernal após eleições

O presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira, afirmou que só vai se pronunciar sobre a impugnação à candidatura do ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), ao Senado depois das eleições. Segundo a assessoria do dirigente, “Ciro Nogueira só vai se pronunciar sobre a situação de Bernal depois das eleições”. Bernal teve o registro […]
| 11/08/2014
- 16:13
Presidente nacional do PP deixa para falar sobre impugnação de Bernal após eleições

O presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira, afirmou que só vai se pronunciar sobre a impugnação à candidatura do ex-prefeito de Campo Grande, (PP), ao Senado depois das eleições.

Segundo a assessoria do dirigente, “Ciro Nogueira só vai se pronunciar sobre a situação de Bernal depois das eleições”.

Bernal teve o registro impugnado por solicitação da Procuradoria Regional Eleitoral, pelo candidato a deputado estadual Joel Silva (PTN) e PHS que utilizaram a cassação do mandato de prefeito em março deste ano como argumento. O pedido do PHS foi desconsiderado, mas a Justiça Eleitoral deu procedência à impugnação das demais solicitações.

No recurso apresentado contra a decisão monocrática que impugnou a candidatura do progressista, a Procuradoria em seu parecer, no último dia 7 de agosto, manteve a impugnação. No sábado (9), Joel Silva apresentou as contrarrazões de embargos.

Bernal disputa a vaga de senador com a vice-governadora, Simone Tebet (PMDB), Ricardo Ayache (PT), Antônio João Hugo Rodrigues (PSD), Lucien Rezende (PSOL) e Valdemir do PSTU. O indeferimento foi para a chapa, ou seja, apenas o registro de Bernal foi barrado, e os suplentes podem continuar na disputa.

Veja também

Só estão permitidos atos de campanha a partir do dia 16 de agosto, de acordo com o calendário divulgado pelo TSE

Últimas notícias