Foi publicado no Diário Oficial do Tribunal Regional Eleitoral desta sexta-feira (13) o acórdão de cada vereador de Campo Grande cassado pelo órgão. A Câmara deve ser notificada a qualquer momento e obrigar a retirada das vagas de Thais Helena (PT), Paulo Pedra (PDT), Alceu Bueno (PSL) e Delei Pinheiro (PSD).

O presidente da Câmara, vereador Mário César (PMDB), confirmou nesta tarde que ainda não recebeu comunicado e que se for feito na segunda-feira, já na terça-feira deve ser sorteado o novo membro para compor a Comissão Processante, com a saída oficial de Alceu Bueno.

“Já estamos com 70% dos trabalhos já concluídos, só falta o prefeito depor. Se ele não vier na segunda-feira será a terceira vez que ele falta e vamos prosseguir a Comissão e ele responderá por escrito sua defesa”, explicou o também membro da Processante, vereador Flávio César (PTdoB) hoje.

Quanto às vagas na Câmara, o Tribunal ordenou a recontagem dos votos para a nomeação dos novos vereadores. Os cassados ficarão inelegíveis por oito anos, mas eles ainda podem recorrer ao Superior Tribunal Eleitoral.