Os moradores do bairro Santo Eugênio, em , estão assustados com o duplo assassinato de pai e filho, na noite desta quarta-feira (25), depois que atiradores chegaram à conveniência e fizeram vários disparos contra as vítimas.

“Isso só acontecia na fronteira”, disse um dos moradores do bairro que falou estar assustado com o que ocorreu na noite de quarta (25). Outra moradora ainda falou que só conhecia as vítimas de ‘vista’ e que quando aconteceu o crime, ela tinha acabado de fechar o seu comércio. 

A polícia faz uma ‘caçada’ atrás dos atiradores, que na acabaram se envolvendo em um acidente batendo contra um carro que era manobrado por um motorista que entrava na garagem de sua casa.

Segundo o delegado Felipe Paiva, ainda não se sabe o que pode ter motivado o crime e nenhuma linha de investigação é descartada, como, por exemplo, ameaças sofridas anteriormente ao duplo assassinato. Aparecido Donizete Martins, de 63 anos, e Naique Matheus Sotareli Martins, de 28 anos, estavam sentados em uma mesa da conveniência quando a dupla de atiradores chega e faz vários disparos, na cabeça e tórax das vítimas.

Imagens mostram execução

Pelas imagens de câmeras de segurança é possível ver as vítimas sentadas na mesa do bar, onde também funciona um espetinho. Os dois conversam enquanto Aparecido está tomando cerveja e o filho mexendo no celular.

Quando, em determinado momento, dois homens com casaco preto e capacetes – um vermelho e outro preto – chegam correndo e começam a disparar contra as vítimas, que sequer perceberam a aproximação dos atiradores. A dupla atira várias vezes contra pai e filho e um deles chega a esperar por um segundo para garantir que Aparecido está sem vida.

Segundo moradores da região, Aparecido é apontado como dono de uma arma utilizada em um assassinato ocorrido no mesmo bairro, anos atrás. A esposa de Aparecido Donizete estava aos fundos do comércio onde morava com o marido e escutou os tiros. Ao sair, ela se deparou com o marido e enteado mortos. A mulher, de acordo com a polícia, entrou em pânico e teve que ser atendida pelo Corpo de Bombeiros. 

Fuga e acidente de atiradores

A dupla que executou Aparecido Donizete Martins, de 63 anos, e o filho dele, Naique Matheus Sotareli Martins, de 28 anos, no bairro Santo Eugênio, se envolveu em acidente no momento em que fugiam após o crime.

As imagens mostram a fugindo logo após o crime e se envolvendo em um acidente. Motorista de carro de passeio faz manobra para entrar em uma residência, momento em que o carro é atingido no meio pela moto onde estão os autores.

Após a colisão, a arma de um deles chega a cair ao solo. O autor que pilota liga a motocicleta e ambos fogem. Pensando que os dois iriam parar, devido ao acidente, o condutor do carro chega a ir atrás dos dois. Segundo informação, eles fugiram. 

Saiba Mais