Grávida de 3 meses, mulher presa em MS levava armas para traficante morto em confronto com a polícia

Troca de tiros ocorreu em Dourados na última quinta-feira durante operação conjunta
| 21/05/2022
- 09:35
Grávida de 3 meses, mulher presa em MS levava armas para traficante morto em confronto com a polícia
Armas e munições foram localizadas durante abordagem (Foto: PRF)

As armas encontradas com uma mulher que foi presa pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) na última quarta-feira (18), em Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai,  seriam entregues a Samuel Augusto da Silva, de 20 anos. O traficante foi morto durante troca de tiros com forças policiais no dia seguinte em , cidade distante 225 quilômetros de Campo Grande.

Segundo informações da PRF, duas pistolas 9 mm, 50 munições 9 mm, 150 munições de calibre 45 e 3 carregadores, que estavam presos ao corpo dela e sob vários casacos. Ela contou à polícia que levaria as armas e munições até Dourados para integrantes de uma facção criminosa. Ela é natural da Bahia, está grávida de três meses e era amante de Samuel.

Segundo informações apuradas pelo SIG (Setor de Investigação Geral), Samuel era considerado extremamente perigoso. Apesar de jovem, o traficante era sustentado por facção criminosa, cujo nome não foi divulgado pela polícia.

A troca de com Samuel aconteceu em um condomínio localizado na rua Monte Alegre, no bairro Vila Alvorada. O traficante reagiu e foi atingido pelos policiais. A 'Operação Asepsis' envolve a Polícia Civil através do SIG (Setor de Investigações Gerais), com apoio da GMD (Guarda Municipal de Dourados), PMMS (Polícia Militar de Mato Grosso do Sul) e PRF (Polícia Rodoviária Federal). 

Veja também

Homem confessou dizendo que só foi ‘oportunista’ e não tinha outras intenções

Últimas notícias