Morto em troca de tiros com a polícia em Dourados era 'sustentado' por facção

Com 20 anos, traficante tinha passagem por homicídio e roubo
| 19/05/2022
- 10:03
Morto em troca de tiros com a polícia em Dourados era 'sustentado' por facção
Samuel Augusto da Silva reagiu à prisão (Foto: Reprodução/Arte, Midiamax)

Samuel Augusto da Silva, de 20 anos, traficante morto durante troca de com forças policiais na manhã desta quinta-feira (19) em Dourados, cidade distante 225 quilômetros de Campo Grande, tinha registro de ocorrência por homicídio e roubo.

Segundo informações apuradas pelo SIG (Setor de Investigação Geral), Samuel era considerado extremamente perigoso. Apesar de jovem, o traficante era sustentado por facção criminosa, cujo nome não foi divulgado pela polícia.

A troca de tiros com Samuel aconteceu em um condomínio localizado na rua Monte Alegre, no bairro Vila Alvorada. O traficante reagiu e foi atingido pelos policiais. A 'Operação Asepsis' envolve a através do SIG (Setor de Investigações Gerais), com apoio da GMD (Guarda Municipal de Dourados), PMMS (Polícia Militar de Mato Grosso do Sul) e PRF (Polícia Rodoviária Federal). 

Segundo o delegado Erasmo Cubas, responsável pelo SIG (setor de Investigação Geral), que comanda a ‘Operação Asepsis’, estão sendo cumpridos mandados de busca e também de prisão.

Veja também

Últimas notícias