A criança de 3 anos que teve 45% do corpo queimado em um incêndio, de uma residência em Bataguassu, a 335 quilômetros de Campo Grande, segue em coma na Santa Casa da Capital. O menino ficou preso dentro da residência durante o incêndio.

Segundo a assessoria do hospital, a criança está internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) pediátrica, em estado grave, mas estável no momento, sedada, respirando com ajuda de aparelhos.

A criança foi socorrida no dia 6 deste mês, quando um policial militar que mora na região teria percebido a fumaça e, ao sair, acabou vendo a casa em chamas. Ele foi informado que uma criança estava presa no banheiro da residência e tentou várias vezes entrar no local.

O cabo da Polícia Militar chegou a usar uma mangueira de jardim para tentar ajudar a apagar o fogo, mas não conseguiu entrar na casa por conta das chamas altas. Corpo de Bombeiros foi ao local e conseguiu resgatar a criança, que foi levada ao hospital com queimaduras e também teria inalado muita fumaça. As causas do incêndio são investigadas. Na hora em que as chamas começaram, a criança e a avó estariam na residência.