Nesta quinta-feira (10), Silvana Gonçalves dos Santos, de 49 anos, foi condenada a cumprir quatro anos de prisão pelo assassinato de um homem, identificado apenas como Enéias. O crime aconteceu em 2016, na Avenida Guaicurus, em Campo Grande.

O Conselho de Sentença da 1ª Vara do Tribunal do Júri decidiu pela condenação da ré, que cumprirá quatro anos de reclusão. O crime foi qualificado como lesão corporal seguida de morte.

No dia do crime, Silvana teria agido junto com outra mulher. Ela teria discutido com Enéias, o acusando de furto, e passou a espancar a vítima. Isso, porque teria pedido os objetos furtados de volta, mas teve resposta negativa.

Com pedaços de madeira, as autoras espancaram Enéias. Corpo de Bombeiros foi acionado e os militares precisaram segurar as suspeitas, para que parassem com as agressões.

A vítima foi socorrida, encaminhada para a Santa Casa, mas morreu três dias depois.