O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, criticou duramente as operações militares de na Faixa de Gaza. Ele comentou que os bombardeios se intensificaram na última noite, e atacaram “de novo mulheres, e civis inocentes, aprofundando a crise humanitária”.

Erdogan diz que “Israel precisa parar de imediato com este estado de loucura e acabar com esses ataques”. Ele ainda convida todos para uma manifestação pela Grande Palestina, que deve ocorrer no aeroporto internacional de Istambul, “onde nós faremos esses pedidos mais fortes e gritaremos que apoiamos o povo palestino contra a opressão israelense”.

Saiba Mais