Lei proíbe que mulheres da família real se casem com homens de fora

A princesa japonesa Mako, de 25 anos, neta mais velha do imperador do Japão, deverá ser excluída da família imperial. Isso porque neste domingo (3) ela anunciou que está noiva de um plebeu, o que é proibido por lei para as mulheres da família.

Mako vai se casar com Kei Komuro, um jovem que tem a mesma idade dela e que trabalha em um escritório de advocacia. Os dois se conheceram na universidade, e o rapaz revelou que pediu a mão da princesa há mais de três anos.

Apesar de saber que perderá o título da realeza, a princesa disse estar feliz. “Estou muito feliz. Tenho consciência desde a minha infância que teria que abandonar o status real com o casamento”, disse Mako à imprensa.Princesa do Japão perde título após anunciar casamento com plebeu

Em entrevista, ela disse que pretende continuar ajudando a família do avô. “Fazendo o meu melhor para ajudar o imperador e cumprindo os meus deveres como membro da família imperial, cuidarei da minha própria vida”, disse.

A previsão é que o casamento ocorra no verão de 2018. O imperador do Japão, Akihito, se também se casou com uma plebeia, mas que por lei passou a fazer parte da família real. O mesmo aconteceu com seus dois filhos homens.