Nesta segunda-feira (11), a assessoria do ator Bruno de Luca se pronunciou sobre as últimas imagens divulgadas do local do acidente envolvendo Kayky Brito. De acordo com duas testemunhas, Bruno teria ido embora sem prestar socorro ao amigo. Para o Fofocalizando, do SBT, os representantes do apresentador esclareceram que ele está apenas focado em acompanhar o quadro clínico de Kayky.

Os apresentadores compartilharam com o público, a nota enviada pela equipe do ator. “O apresentador Bruno de Luca já prestou declarações às autoridades do que efetivamente se passou com ele no momento do acidente. Sua preocupação agora é acompanhar a evolução do quadro de saúde de Kayky Brito, apenas”. Confira:

Acontece que, segundo o G1, Bruno de Luca teria afirmado à polícia que só soube do acidente no dia seguinte, quando já estava em São Paulo. No Domingo Espetacular, da Record TV, a versão foi contestada por duas testemunhas que estavam no local e afirmaram que Bruno havia sido avisado e sabia do atropelamento.

Segundo as testemunhas, elas viram Kaiky e Bruno conversando com uma conhecida, se aproximaram e a conversa aconteceu em tom de brincadeira. “Eu fui e atravessei. Ela [amiga] pegou e falou comigo que ele tinha falado que o Kayky queria falar com ela e dar um beijo no rosto dela. E o Bruno de Luca falou assim: ‘ah, não fala com ela, ela é feia’. Daí, a gente atravessou”.

Ainda conforme a testemunha, após o atropelamento, Bruno teria ficado muito nervoso e deixado o local logo em seguida. “E, daí, eu e minha amiga, sentadas, escutamos só a batida, a parte do acidente. Daí, atravessamos pra ver o que era. Quando a gente chegou lá, da parte que ele colocou a mão na cabeça, que ele ficou nervoso, eu não sei o que deu nele. Ele atravessou e saiu correndo. E sumiu”, detalhou.

“Um pouquinho antes [do acidente], a minha amiga tinha falado com ele [Bruno], que ele tava zoando ela e tal, ela tinha falado com ele: ‘Pô, cara, em vez de você ficar me zoando, presta atenção no seu amigo que tá atravessando a pista toda hora”, explica ela.

“Pelo que ela disse pra gente, eles dois estavam muito loucos, doidos. O Kayky atravessando toda hora, correndo pra lá e pra cá. E ela pedindo pra ele tomar cuidado. Só que, aí, chegou um momento… [que aconteceu o acidente]”, falou a mulher.