Gusttavo Lima, Lucas Lucco e outros artistas lamentam a morte de Aleksandro nas redes sociais

| 07/05/2022
- 15:24
Gusttavo Lima, Lucas Lucco e outros artistas lamentam a morte de Aleksandro nas redes sociais
(Foto: Reprodução/Instagram)

Após a notícia da morte do cantor sertanejo Aleksandro, que fazia dupla com Conrado, vários outros cantores lamentaram a morte do artista nas redes sociais. A e a equipe sofreram um acidente na manhã deste sábado (7), na rodovia Régis Bittencout, na altura de Miracatu, no de São Paulo. Ao menos seis pessoas, incluindo Aleksandro, morreram. A dupla é de Dourados e foi formada em 2018.

O cantor Gusttavo Lima compartilhou em seu instagram a nota oficial que informava a morte de Alekssandro e nela escreveu: "Que Deus conforte as famílias das vítimas desse trágico acidente", comentou. "Meus sentimentos a todos da equipe e familiares", finalizou.

Também cantor sertanejo, Lucas Lucco publicou: "Sem palavras… Que Deus guarde Aleksandro e equipe. Meus sentimentos", lamentou.

No perfil oficial da dupla Matheus e Kauan, no Instagram, a dupla também lamentou a morte do colega. "Mais uma perda precoce e imensamente triste em nosso meio. Aleksandro era um artista fantástico e a notícia do falecimento dele enche nosso coração de tristeza. Nossos sentimentos e solidariedade aos fãs, amigos e família da dupla e parceiros de banda que nos deixaram hoje nesse trágico acidente", disse.

A dupla Geoge Henrique e Rodrigo, divulgaram uma nota de pesar sobre a morte de Aleksandro da dupla com Conrado. "Manifestamos imenso pesar pelo falecimento do cantor Aleksandro da dupla Conrado e Aleksandro e das outras cinco pessoas em decorrência de acidente com ônubus da dupla na manhã deste sábado", escreveu.

"Prestamos nossa solidariedade e sinceros sentimentos aos familiares e amigos. E torcemos pela recuperação do cantor Conrado e dos outros ocupantes. Que Deus conforme o coração de todos", lamenta a dupla.

Dupla surgiu em Dourados

Vítima de acidente na manhã deste sábado (7) que deixou ao menos seis mortos na rodovia Régis Bittencout, em SP, o cantor Luiz Aleksandro Talhari Correia, o Aleksandro, começou a carreira musical em Dourados, em 2003, ao lado de Conrado Bardi de Jesus Bueno, o Conrado.

Com quase duas décadas de atuação, a formação original foi mudada em 2019 quando Conrado deixou a dupla. Em seu lugar, entrou , que também estava no ônibus.

acidente ocorreu na manhã deste sábado (7), em trecho da rodovia Regis Bittencout, próximo a Miracatu, em São Paulo. As estimativas são de que ao menos 19 pessoas estivessem no veículo e ao menos seis mortes - incluindo Aleksandro - foram confirmadas.

Mais oito passageiros, que incluiriam o cantor Conrado, teriam sido socorridas na avenida enquanto outras 5 estariam presas às ferragens. De acordo com o G1, uma vítima ainda não teria sido encontrada.

A dupla surgiu em Dourados, a cerca de 225 km de Campo Grande, no ano de 2003. Na época, a dupla de sertanejo universitário se apresentava em bares da região. O primeiro disco foi lançado em 2009, "Anjo Querido", gravado ao vivo. No ano seguinte, lançaram o segu8ndo disco, "Tour Ao Vivo", que trazia as músicas "Afinal" e "Gravidade Zero".

O disco Plano B, gravado pela Som Livre em 2011, mudou o status da dupla no mercado fonográfico e contou até com participação de Luan Santana na canção "Certos Detalhes".

O primeiro DVD "Ao Vivo em Maringá", foi gravado em 2012, na cidade paranaense. A partir daí, foram vários novos trabalhos, que contaram até com o sucesso "Tereré e Narguile", lançado em 2019. No Youtube, a canção tem mais de 2,1 milhões de acessos.

separação da dupla, no entanto, ocorreu em fevereiro do mesmo ano, quando Conrado anunciou desligamento. Ele seguiu carreira solo, adotando o nome de Conrado Bueno. Em seu lugar, João Vitor (ex-Fábio & Rafael) adotou o nome artístico e seguiu na dupla.

Veja também

Andrea Kisser chegou a anunciar em junho que estava deixando a turnê do Sepultura pela Europa e voltando ao Brasil por uma "emergência familiar"

Últimas notícias