Dupla sertaneja Conrado e Aleksandro surgiu em Dourados e já gravou com Luan Santana

Dupla teve mudança de integrante em 2019. Conrado "original" saiu em 2019 e João Vitor Soares assumiu nome artístico
| 07/05/2022
- 14:46
Dupla sertaneja Conrado e Aleksandro surgiu em Dourados e já gravou com Luan Santana
Foto: Reprodução | Instagram

Vítima de acidente na manhã deste sábado (7) que deixou ao menos seis mortos na rodovia Régis Bittencout, em SP, o cantor Luiz Aleksandro Talhari Correia, o Aleksandro, começou a carreira musical em Dourados, em 2003, ao lado de Conrado Bardi de Jesus Bueno, o Conrado.

Com quase duas décadas de atuação, a formação original foi mudada em 2019 quando Conrado deixou a dupla. Em seu lugar, entrou , que também estava no ônibus.

O acidente ocorreu na manhã deste sábado (7), em trecho da rodovia Regis Bittencout, próximo a Miracatu, em São Paulo. As estimativas são de que ao menos 19 pessoas estivessem no veículo e ao menos seis mortes - incluindo Aleksandro - foram confirmadas.

Mais oito passageiros, que incluiriam o cantor Conrado, teriam sido socorridas na avenida enquanto outras 5 estariam presas às ferragens. De acordo com o G1, uma vítima ainda não teria sido encontrada.

A dupla surgiu em Dourados, a cerca de 225 km de Campo Grande, no ano de 2003. Na época, a dupla de sertanejo universitário se apresentava em bares da região. O primeiro disco foi lançado em 2009, "Anjo Querido", gravado ao vivo. No ano seguinte, lançaram o segu8ndo disco, "Tour Ao Vivo", que trazia as músicas "Afinal" e "Gravidade Zero".

O disco Plano B, gravado pela Som Livre em 2011, mudou o status da dupla no mercado fonográfico e contou até com participação de na canção "Certos Detalhes".

O primeiro DVD "Ao Vivo em Maringá", foi gravado em 2012, na cidade paranaense. A partir daí, foram vários novos trabalhos, que contaram até com o sucesso "Tereré e Narguile", lançado em 2019. No Youtube, a canção tem mais de 2,1 milhões de acessos.

A separação da dupla, no entanto, ocorreu em fevereiro do mesmo ano, quando Conrado anunciou desligamento. Ele seguiu carreira solo, adotando o nome de Conrado Bueno. Em seu lugar, João Vitor (ex-Fábio & Rafael) adotou o nome artístico e seguiu na dupla.

Acidente

O acidente que matou Aleksandro e mais 5 pessoas ocorreu na manhã deste sábado, envolvendo o ônibus que transportava a dupla e a equipe de apoio. O veículo seguia na rodovia Régis Bittencourt, sentido Paraná, em Miracatu, no Vale do Ribeira, em São Paulo. A pista foi bloqueada para atendimento as vítimas, segundo a no local. O acidente ocorreu no km 402 da pista norte da BR-116.

Um comunicado oficial foi postado no perfil oficial da dupla, no Instagram.

Veja também

Últimas notícias