O noivo, a noiva e três alianças. O motivo? Inusitado para uns, mais comum do que se parece para outros. O fato é que a arquiteta Luciana Lucas Gomes, de 31 anos, realizou um dos seus sonhos e encontrou o amor que, de quebra, achou uma aliança no bolo de Santo Antônio, o santo casamenteiro. Na hora do casamento civil, não deu outra, levaram o anel e a noiva a usou após um “pequeno contratempo”.

Segundo Luciana, após três anos de namoro, ficaram noivos e o casamento civil ocorreu recentemente, em um cartório de Campo Grande.

“Nós providenciamos as alianças na época do noivado. Sou canhota, uso a mão esquerda, só que ela precisou de ajustes. E aí, na hora de casar, como ficou muito em cima, fiquei pensando no que ia fazer. Foi aí que lembrei da aliança que ele encontrou no bolo de Santo Antônio”, relembrou.

‘Acharam engraçado’, diz noiva sobre quem não sabia das alianças

Cerimônia religiosa deve ocorrer em breve, diz casal. Foto: Photovski Fotografia/Arquivo Pessoal
Cerimônia religiosa deve ocorrer em breve, diz casal. Foto: Photovski Fotografia/Arquivo Pessoal

Na hora da cerimônia, Luciana não teve dúvidas e levou as alianças. O agora marido, o desenvolver de TI (Tecnologia da Informação) Rillian Diello Lucas Pires, também de 31 anos, já sabia, assim como familiares e outros convidados.

“Só algumas pessoas que não sabiam o motivo e ficaram perguntando. O pessoal achou super engraçado, realmente é um fato curioso, mas, a maioria já sabia da história das alianças”, contou.

Do Santo Antônio ao Tinder

Conforme a arquiteta, o namoro com o Rillian ocorreu após duas vezes seguidas, em que ela foi na Festa de Santo Antônio e fez orações a São José. “Fui dois anos seguidos com minhas amigas e, logo depois, conheci ele no Tinder. Nós conversamos e, no terceiro ano de Santo Antônio, consegui levá-lo, quando ele pegou a aliança e guardamos de lembrança”, explicou.

Foto: Photovski Fotografia/Arquivo Pessoal
Foto: Photovski Fotografia/Arquivo Pessoal

Na hora de casar, como ela é ajustável, foi justamente o anel que salvou a noiva. “Levamos as originais no porta aliança e a de Santo Antônio para eu usar na hora da troca. Agora, para a cerimônia religiosa, as alianças já chegaram ajustadas. Realmente o Santo Antônio deu certo, já são 3 anos seguidos que eu estava indo. Mas, precisa de fazer a oração para São José junto”, falou.

Agora, a cerimônia religiosa está prevista para ocorrer entre 2023 a 2024. “Acredita que vai dar certo. É isso que eu tenho a dizer. Nós começamos a namorar e agora eu tenho um marido. Acredita, tenha , que vai dar certo”, finalizou a noiva.

E você, já encontrou o amor após uma promessa? Conte pra gente!

Fale com o Midiamax

Tem alguma denúncia, flagrante, reclamação ou sugestão de pauta para o Jornal Midiamax? Envie direto para nossos jornalistas pelo WhatsApp (67) 99207-4330. Acima de tudo, com sigilo garantido por lei.

Acompanhe nossas atualizações no Facebook, Instagram e Tiktok.