Incêndio de grandes proporções destruiu praticamente todos os barracos da do Mandela nesta quinta-feira (16) e levou desespero às cerca de 270 famílias que moram na comunidade. Por não terem condições de arcar com aluguel – motivo que levou moradores ao local -, a maioria não sabe pra onde ir.

É o caso do pedreiro Marcus Alexandre, de 42 anos, sem condições de pagar aluguel, acabou indo morar no barraco na favela. Atualmente, ele mora no local com suas três filhas de 12, 15 e 17 anos. 

Quando o incêndio começou, ele conseguiu salvar as meninas, um botijão de gás e seu gato. Sem condições de pagar aluguel, acabou indo morar no barraco na favela.

“Me recordo do momento que vi o fogo, não deu tempo de pegar nada. Foi tudo muito rápido, do jeito que o fogo vinha, já se alastrava”, disse.

Apesar de não ter tido seu barraco destruído pelo incêndio, Francyeli Sampaio, autônoma, de 32 anos, está muito abalada e sente pelos seus vizinhos. Quando soube do incidente pelo grupo do WhatsApp, acionou seu marido Jones Coelho para retirar as coisas.

“Eu consegui tirar a geladeira, TV, roupas, alguns documentos, cachorro e mais algumas coisas. Mesmo meu barraco não ter sido atingido, eu fico muito triste pelos meus vizinhos. Não é fácil chegar do trabalho e ver sua casa pegando fogo”, lamenta.

A autônoma ainda ressalta que só volta para o barraco quando eles afirmarem que está realmente seguro, até lá ficarei aqui na rua, pois não tenho para onde ir.

Francyeli Sampaio não teve o barraco atingido, mas decidiu tirar as coisas por segurança (Foto: Alicce Rodrigues)

Assistência

A prefeitura de informou que moradores da favela do Mandela, podem procurar o Cras (Centro de Referência da Assistência Social) . Eles devem receber apoio com cesta básica, colchões e moradia provisória.

Além disso, eles farão parte do programa ‘Aluguel Social’, que concede ajuda de custo para pagar o aluguel.

Segundo a prefeitura, o Estrela do Sul está localizado na avenida Pref. Heráclito Diniz de Figueiredo, s/n, no conjunto residencial Estrela do Sul.