Ministério aprova R$ 7 milhões para primeira fase do Parque Tecnológico de Campo Grande

Projeto total do Parque Tecnológico da Capital está orçado em R$ 91,4 milhões
| 10/07/2022
- 09:13
parque tecnológico
Croqui de parte do Parque Tecnológico de Campo Grande (Foto: Divulgação, Prefeitura de Campo Grande)

O Ministério da Ciência e Tecnologia, por meio da Finepe (Financiadora de Estudos e Projetos), aprovou projeto encaminhado pela para tirar do papel o Parque Tecnológico e de Inovação - Estação Digital. Com a aprovação, o projeto orçado em mais de R$ 91 milhões, deve ter novas etapas concluídas.

Segundo a prefeitura, a ideia é que a Estação Digital também englobe a reforma de duas incubadores instaladas nos bairros Mário Covas e Santa Emília. Os dois polos reformados serão hubs, uma espécie de apoio, para o projeto principal da Estação Digital. A licitação para as reformas, orçadas em R$ 1,6 milhão, já está em andamento.

Detalhes como local para a sede principal do Parque Tecnológico ainda estão sendo estudados pelo município. Gestora de projetos estratégicos da Capital, Catiana Sabadin afirma que a aprovação do projeto inicial de R$ 6 milhões "é um passo importante na consolidação do projeto planejado para Campo Grande".

Entre as ações de estudo para o parque tecnológico está visita de comitiva de Campo Grande a cidade de São José dos Campos, no de São Paulo. Confira aqui detalhes da visita.

Parque Tecnológico de Campo Grande

Os Hubs são físicos e/ou virtuais – nos quais empresas e startups podem trabalhar e ter acesso a contatos, investidores, mentores e fornecedores. Nesses ambientes férteis, os projetos têm maior facilidade para crescer, tanto pelo vasto networking, quanto pelo suporte para a aceleração.

O projeto integral prevê investimentos no valor de R$ 91.492.702,89, abrangendo a restauração do Complexo de Rotunda da Ferrovia, um Museu Interativo sobre a Ferrovia Noroeste do Brasil com imagens, textos e instalações multimídias.

No local, o visitante vai “viajar” de forma virtual na história do modal ferroviário que teve um papel crucial no desenvolvimento e ocupação populacional de Campo Grande.

A Estação Digital, de acordo com Catiana, vai criar um ambiente propício à integração das instituições de pesquisa, universidades e empresas, públicas e privadas , abrigando startups voltadas a inovação e tecnologia.

Veja também

Encontro terá presença de diplomata do Ministério das Relações Exteriores

Últimas notícias