A Prefeitura de publicou o extrato aditivo em contrato de R$ 720 mil com empresa privada para estudos técnicos agrônomos e assessoria técnica. O documento consta no Diário Oficial da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul).

Conforme a publicação, a empresa Engenharia Ambiental Eireli segue responsável pela assessoria técnica para realização de serviços especializados na realização de estudos técnicos e laudo agronômico.

Além disso, ela realizará o fornecimento de software de gestão pública para a fiscalização e acompanhamento dos lançamentos referentes ao ITR (Imposto Territorial Rural) por sete meses ao município.

O contrato terminaria em abril deste ano, mas a prorrogou o prazo para novembro, repassando novos R$ 93 mil para a empresa. O repasse inicial, de R$ 160 mil, já alcança R$ 720.900,00 com os repasses realizados.

Por fim, o prefeito de Taquarussu, Clóvis José do Nascimento, assina a publicação.

Taquarussu adita seis vezes contrato de R$ 3,8 milhões

Anteriormente, a prefeitura de Taquarussu aditou contrato de R$ 3,8 milhões para serviços de gerenciamento e administração de cartão alimentação. Foi o sexto aditamento.

Do mesmo modo, o executivo publicou o extrato no Diário Oficial da .

De acordo com o contrato, o aditivo aumenta o tempo de contrato com a empresa Sin Card Cartoes Ltda em quatro meses, entre fevereiro e junho.

Assim, a Prefeitura Municipal aumentará as parcelas mensais de R$ 117.879,54 para R$ 126.509,72. Totalizando um valor de R$ 34.520,72.

Com isso, o valor do contrato passa de R$ 3.861.838,39 para R$ 3.896.359,11. Vale lembrar que firmou o contrato com a empresa em 2020 por R$ 2.391.381,78.

A empresa é responsável pelos serviços de gerenciamento e administração de cartão vale-alimentação, na forma de crédito em cartão magnético, seguidas de recargas mensais, aos servidores municipais.