Em Mato Grosso do Sul, 35 cidades podem receber projetos de sustentabilidade da Itaipu Binacional. Os municípios foram listados pelo coordenador da bancada federal de MS, deputado Vander Loubet (PT).

Além do ‘bônus da Itaipu’ e o desconto na fatura de luz dos sul-mato-grossenses, o encontro com o diretor-presidente da Itaipu, Enio Verri, discutiu projetos para o Estado. Segundo Vander, três questões foram levantadas durante a reunião, entre elas uma série de projetos sustentáveis.

“A partir deste ano, a Itaipu tomou como diretriz investir em projetos de sustentabilidade que atendam 35 municípios do Mato Grosso do Sul”, afirmou. Assim, destacou que o programa tomou forma.

“Portanto, estamos trabalhando para que todos esses municípios tenham condições de apresentarem seus projetos e serem contemplados”, disse. Corpo técnico da Itaipu poderá ajudar as prefeituras de MS.

Confira a lista:

  • Amambai
  • Angélica
  • Antônio João
  • Aral Moreira
  • Caarapó
  • Coronel Sapucaia
  • Deodápolis
  • Douradina
  • Dourados
  • Eldorado
  • Iguatemi
  • Itaporã
  • Itaquiraí
  • Japorã
  • Jateí
  • Juti
  • Laguna Carapã
  • lvinhema
  • Maracaju
  • Mundo Novo
  • Naviraí
  • Nova Alvorada do Sul
  • Nova Andradina
  • Novo Horizonte do Sul
  • Paranhos
  • Ponta Porã
  • Rio Brilhante
  • Sete Quedas
  • Sidrolândia
  • Tacuru
  • Taquarusssu
  • Vicentina

Agenda em MS

O encontro também tratou da Rota Bioceânica. Vander lembrou que a ponte sobre o Rio , em Porto Murtinho, “é a principal da Rota Bioceânica do lado brasileiro”. Então, destacou que a ponte tem financiamento da Itaipu.

“Por isso, queremos estar a par de tudo e acompanhar de perto a execução do projeto”, disse. Por fim, foram discutidos recursos para o Estado.

Vander afirmou que “nosso estado e o Paraná são os maiores interessados nesse debate, porque envolve os dois estados”. Assim, adiantou que Enio poderá visitar MS para agenda com o governador do Estado, Eduardo Riedel ().

Saiba Mais