A Prefeitura de Três Lagoas contratou empresa especializada em transporte e pacientes por R$ 2,2 milhões. O executivo publicou o contrato nesta terça-feira (1°), no Diário Oficial da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul).

Segundo a publicação, a Prefeitura Municipal contratou a empresa Leituga Saúde Ltda para a prestação do serviço.

A empresa será responsável pelo transporte e remoção terrestre de pacientes adultos, pediátricos, lactentes e neonatos em ambulâncias Tipo D (UTI Móvel) e Tipo B (Suporte Básico) com cobertura 24 horas.

O município irá pagar R$ 2.298.065,28 para a Leituga Saúde Ltda.

A secretária de Saúde, Elaine Cristina Ferrari Fúrio, assinou o contrato.

Três Lagoas adita contrato com Apae

A Prefeitura de Três Lagoas aditou em R$ 935 mil o termo de colaboração com a Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) do município.

De acordo com a publicação, o contrato passa a ser de R$ 3.275.651,40. Além disso, o aditivo possui vigência de seis meses.

Do valor total, o Ministério da Saúde irá repassar R$ 851.900,40 e o município fará o repasse dos R$ 84.000,00 restantes.

O repasse ocorre em seis parcelas iguais. O prefeito de Três Lagoas, Ângelo Guerreiro, assinou o documento.

Três Lagoas gasta R$ 3,2 milhões para construir escola

Anteriormente, a Prefeitura de Três Lagoas aditou em R$ 94 mil o contrato para a construção do CEI (Centro de Educação Infantil) Jardim Flores.

O executivo publicou os valores no Diário Oficial da Assomasul.

Conforme o documento, com o novo valor, a prefeitura já gastou um total de R$ 3.204.099,69 para a realização das obras.

A empresa Poligonal Engenharia e Construções segue responsável pela construção do Centro de Educação Infantil Jardim Flores.

O prefeito de Três Lagoas, Ângelo Guerreiro, assinou o contrato. Além dele, o secretário municipal de Infraestrutura, Transporte e Trânsito, Osmar Dias Pereira, e o representante da empresa também assinaram o documento.