A Prefeitura de Campo Grande reabriu sessão que busca empresa para ampliação e reforma do antigo clube Surian, na Avenida Mato Grosso, que se tornará Emei (Escola Municipal de Educação Infantil). O aviso está no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta quinta-feira (17).

Na primeira vez em que o município abriu a concorrência, as propostas seriam apresentadas em 7 de janeiro, mas, sem interessados, a sessão foi considerada deserta. A Sisep (Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos), então, atualizou volume médio de obras, orçamento do projeto, que está em R$ 8.571.462,17, e exigência quanto ao patrimônio líquido. 

“A Unidade Gestora do Programa reabre o prazo para apresentação das propostas e convida os interessados a se habilitarem”. Agora, a sessão será em 16 de março quando, até as 9h, poderá ser entregue documentação na Rua Manoel Secco Tomé, nº 143, Jardim dos Estados, em Campo Grande.

De acordo com a descrição do aviso, parte dos recursos emprestados pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) no valor de US$ 56 milhões para o Programa de Desenvolvimento Integrado – Viva Campo Grande será usada para a adaptação do prédio. 

Com a documentação, a empresa terá de indicar garantia de proposta no valor de R$ 428.573,10. “O Concorrente poderá apresentar proposta individualmente ou Consórcio”. 

A contratada vai construir bloco pedagógico e administrativo, bem como reformar a edificação já existente, paisagismo, sistema de proteção contra descarga atmosférica, instalações elétricas, sistema de proteção contra incêndio e pânico, ar condicionado, central de gás, sistema de rede de lógica.