A Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul) assinou contrato de R$ 47,9 milhões com a empresa NG Engenharia e Construções para pavimentação de trecho da rodovia MS-165, entre Aral Moreira e Coronel Sapucaia, no sul do Estado.

O extrato foi publicado no DOE (Diário Oficial Eletrônico) na última quinta-feira (24). A empreiteira, com sede em Jataí (GO), vai receber R$ 47.997.307,21 para executar o serviço, em 600 dias (cerca de um ano e oito meses).

O trecho a ser asfaltado tem 31,8 km, entre o distrito de Vila Marques, em Aral Moreira, até a MS-289, em Coronel Sapucaia. Ainda não há prazo para o início da obra, que começa após a emissão da Ordem de Início de Serviço.

Pavimentação da MS-165

A pavimentação da MS-165 é parte do projeto de integração sul-fronteira, que engloba as cidades de Antônio João, Ponta Porã, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Mundo Novo, Paranhos e Sete Quedas.

Ao todo, são 332 km de asfalto. Já foram concluídas as obras de pavimentação no trecho de 38,8 km entre o distrito de Sanga Puitã, em Ponta Porã, e Aral Moreira.

O trecho entre Coronel Sapucaia e a Terra Indígena Sete Cerros, em Paranhos, de 33 km, está em execução.

Já os trechos da Terra Indígena Sete Cerros ao perímetro urbano de Paranhos, de 51,10 km; de Paranhos a Sete Quedas, de 59,90 km; e de Sete Quedas ao entroncamento da BR-163, em Mundo Novo, estão em fase de elaboração do projeto executivo da obra.