[ BASTIDORES ] Carta aberta

| 11/05/2022
- 06:00
bastidores

Carta aberta

Para anunciar sua pré-candidatura a deputado estadual, Zeca do PT publicou uma carta aberta nas redes sociais, na qual afirma que o Governo Federal é arrogante e autoritário. “Age contra direitos trabalhistas e previdenciários”.

Inclusão

Eventos da Secretaria de Cultura e Cidadania de MS têm contado com um intérprete de libras e outro que 'narra' a aparência de cada pessoa que se pronuncia. O objetivo é ajudar pessoas cegas e surdas a participarem das ações.

Sem pressa

Mesmo após um mês sem um secretário, a cultura segue com o adjunto no comando. Governador adianta que ‘não tem pressa’ para encontrar alguém já que a pasta tem realizado um bom trabalho. Lembrando que a atual gestão encerra o mandato em 31 de dezembro de 2022.

Não combinou

Da fazenda, a esposa do presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, Carlos Augusto Borges, conhecido como Carlão (PSB), avisou o marido que a gravata dele não estava combinando.

Provavelmente

Ela deve ter mandado mensagem para o dirigente com sua opinião, uma vez que as sessões estão sendo transmitidas e ela estava longe fisicamente. O bom entre os vereadores, com brincadeiras como esta, são comuns na Casa de Leis.

Almoço com famosos

O deputado estadual Pedro Kemp almoçou com famosos do elenco da novela Pantanal. Júlia Dalavia e Silvero Pereira estavam com o político. Silvero é ator e diretor, que já compartilhou nas redes sociais posicionamento a favor do PT, partido do pré-candidato Lula e do deputado de MS.

Golpe atrás de golpe

Mais uma vítima do Golpe do WhatsApp na classe política de MS: desta vez, a foto e nome utilizados no crime são do vereador Vinícius Siqueira. O político divulgou em grupos que o número desconhecido não é oficial. Fica o alerta.

Com açúcar, com afeto

O MPMS (Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul) publicou, na edição nº 2.662 do Diário Oficial, extrato de contrato no valor de R$ 6 mil, referente a fornecimento de café, açúcar e adoçante para todos os colaboradores.

Todos os poderes

E enquanto o (Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul) está de olho no Poder Executivo de Sidrolândia, o MPMS (Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul) abriu inquérito civil para apurar o que aconteceu no Pregão Presencial 09/19, da Câmara Municipal de Vereadores. Tudo sigiloso.

Veja também

Bolsonaro em MS Após vários anúncios frustrados, o presidente Jair Bolsonaro (PL) cumpre agenda em...

Últimas notícias