Tomaram posse nesta semana o Vladimir Abreu da Silva e o juiz Djailson de Souza como membros substitutos do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul). Ambos atuarão no biênio 2023/2025.

Abreu da Silva assume a vaga de Carlos Eduardo Contar, que se tornou membro efetivo e vice-presidente da corte. Graduado pela Faculdade de Direito de Bauru em 1980, ingressou na magistratura em 1986 e foi promovido a desembargador em 2008.

Djailson de Souza é titular da 9ª Vara do Juizado Especial de de Campo Grande. Ele assume a vaga do juiz Aluízio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do de Campo Grande, que encerrou seu biênio em março.

Natural de Bataguassu, Souza está no Poder Judiciário desde 1990. Está na Capital desde 2001, após passar por e Corumbá. Ambos os magistrados foram empossados na sessão de 9 de maio.

Composição do TRE-MS

Conforme o Regimento Interno, a corte é composta de dois desembargadores do TJMS, dois juízes estaduais, um juiz federal e dois advogados. Todos eles cumprem um biênio, podendo ser reconduzidos para mais um.

O mesmo número de magistrados é indicado para eventuais substituições dos membros titulares.