Vereadores analisam projetos de lei e veto sobre imposto em serviço de caçambas

Outros projetos de lei sobre criação 'de dias' estão pautados
| 31/05/2022
- 07:46
Previdência
Vereadores durante sessão inaugural de 2022 na Câmara Municipal de Campo Grande, em fevereiro. - (Foto: Henrique Arakaki, Jornal Midiamax, Arquivo).

Os vereadores de Campo Grande vão analisar sete medidas, entre projetos de lei e vetos da prefeitura, na sessão desta terça-feira (31). A reunião está marcada para as 9h e será transmitida nas redes sociais, embora também seja presencial.

Está pautado veto sobre a proposta de incidência e recolhimento de ISSQN (Imposto Sobre de Qualquer Natureza) em relação aos serviços de locação de caçambas e recolhimento de entulhos. A medida foi apresentada pelo vereador Coronel Alirio Vaillasanti (União Brasil).

Além disso, também será analisada mudança no funcionamento da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Veterinária. Projeto foi apresentado pelo município.

Outra proposta apresentada e que hoje será analisada é a criação de programa de incentivo à prática desportiva de futevôlei, chamado pró-futevôlei, em espaços públicos de Campo Grande. O vereador Papy (SD) é o autor.

Mais projetos de lei

Os parlamentares vão analisar, ainda, a criação da laboral, nos órgãos e empresas que compõem a administração pública municipal direta e indireta, de Victor Rocha (PP) e Professor André Luis (Rede).

Também está na pauta a criação do Dia do Krav Maga em Campo Grande, apresentada pelo vereador Edu Miranda (Patriota). Além disso, o Dia do Motorista de Aplicativo, de autoria de Junior Coringa (PSD).

Por fim, será analisada a denominação da Praça Eiji Sudo para área localizada no Bairro Amambaí, em Campo Grande, do vereador Silvio Pitu (PSD).

Veja também

MPMS tem investido na decoração de sua estrutura, notadamente compra e instalação de persianas

Últimas notícias