Bolsonaro cancela agenda em Porto Murtinho e faz ‘tour’ por Campo Grande

Depois de comer pastel, ele iria para o CMO, segundo apurado
| 13/12/2021
- 14:48
Presidente Jair Bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro, ainda no Mercadão de Campo Grande - (Arte: Deyvid Guimarães, Jornal Midiamax)

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), cancelou a ida para Porto Murtinho, onde, nesta segunda-feira (13), autoridades o aguardavam para lançamento da pedra fundamental da ponte bioceânica. Em Campo Grande, ele parou no Mercadão Municipal para comer pastel e estaria indo para o CMO (Comando Militar do Oeste). 

Segundo a Infraero (Agência Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), o avião em que o presidente e sua comitiva estavam precisou vir de Bonito para a Base Aérea da Capital devido ao mau tempo na cidade turística. Daqui, ele iria para Porto Murtinho cumprir a agenda, que conta com o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benitez, além do governador e outras autoridades. 

No palco de solenidade, o chefe do Executivo estadual comunicou o cancelamento, dizendo que 'no ano que vem' será feita uma 'grande festa' para lançamento da pedra, com o presidente brasileiro. Não ficou claro se o evento todo desta segunda-feira seria cancelado, uma vez que, há pouco, o presidente do país vizinho publicou em suas que a obra começará hoje.

O ato estava marcado para 11h30 em uma tenda instalada às margens do Rio Paraguai, em Carmelo Peralta, do lado paraguaio, e a meia hora de barco de Porto Murtinho, de onde se avista a área escolhida para construção da ponte, de acordo com a assessoria do Executivo de MS.

 

Veja também

A informação consta no Diogrande desta segunda-feira

Últimas notícias