Um acordo de líderes da Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) nesta quinta-feira (14), aprovou a votação acelerada da Reforma da Previdência estadual, para a próxima semana.

Segundo o calendário apresentado pelo presidente Paulo Corrêa (PSDB), a apresentação de emendas está aberta até a próxima segunda-feira (18). Na quarta-feira (20), a CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação) deve aprovar a proposta, que vai a plenário em primeira discussão no mesmo dia.

Ainda segundo o calendário, a segunda votação deve ser realizada na quinta-feira (21) e se não tiver emendas, deve ser aprovado e seguir para sanção. Em consulta aos parlamentares, apenas Capitão Contar (PSL), João Henrique Catan (PL) e Pedro Kemp (PT) foram contra a Casa de Leis acelerar a votação. 

Reforma da Previdência

O Governo de Mato Grosso do Sul protocolou na última segunda-feira (11), projeto de lei com as mudanças na Reforma da Previdência. Dentre elas, está o aumento de 11% para 14% da contribuição dos servidores. Com a urgência, o projeto será aprovado em uma semana desde que deu a entrada.