Prefeita e candidato serão julgados pelo TRE e cidade pode ter novas eleições

Decisão sai na próxima quarta-feira
| 24/04/2017
- 22:53
Prefeita e candidato serão julgados pelo TRE e cidade pode ter novas eleições

Decisão sai na próxima quarta-feira

A partir da próxima quarta-feira (26), a cidade de Fátima do Sul, distante 258 quilômetros da Capital, pode ficar sem prefeito e novas eleições poderão ser convocadas. Isso porque vão a julgamento as candidaturas da atual prefeita Ilda Machado (PR) – que já teve mandato cassado duas vezes, em novembro e na semana passa -, e do segundo colocado nas eleições de outubro, Júnior Vasconcelos (PSDB).

Os julgamentos das duas chapas ocorrerão na tarde da quarta, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Se a decisão for pela cassação do mandato de Ilda e da chapa de Vasconcelos, segundo colocado nas eleições, os moradores da cidade deverão ir novamente às urnas.

Ilda foi afastada do cargo de prefeita, que ocupa pela terceira vez, depois de denúncias de compra de votos. Vídeo chegou a ser gravado e revelou que cabos eleitorais de Ilda faziam triagem por meio de bilhetes escritos por eleitores, que detalhavam o que queriam em troca da venda do voto.

No final de janeiro, Ilda retornou ao cargo depois de recorrer da decisão da Justiça eleitoral e obter efeito suspensivo da decisão anterior. Nesse período, o segundo colocado nas eleições, Júnior, permaneceu no comando da cidade. Na última quinta-feira, no entanto, houve nova condenação de Ilda pelo mesmo crime de compra de votos, só que em outro processo.

Vasconcelos e sua vice, Cida Santos (PROS), também tiveram o registro eleitoral avaliado pelo Tribunal Regional Eleitoral () por denúncia de abuso de poder. Derrotados nas urnas por Ilda eles são acusados de participação em evento, prometendo entrega de 300 casas populares durante período de campanha. Como pena, além da cassação do registro, também podem ficar 8 anos inelegíveis e ainda pagar multa.

Advogada de Júnior, Michella Fernanda Bueno conta que se houver a cassação de ambas candidaturas, haverá novas eleições em Fátima do Sul. 

Veja também

Relator da Comissão Processante votou pelo arquivamento do processo, que recebeu dois pareceres favoráveis para continuação

Últimas notícias