, MPE, MPF e Procon foram convidados

A Assembleia Legislativa vai promover audiência pública para discutir eventuais cobranças acima do reajuste na conta de energia elétrica dos consumidores. A reunião está marcada para 17 de junho, a partir das 14 horas, na Casa de Leis.

Segundo o deputado Marquinhos Trad (PMDB), que propôs a audiência junto com o deputado Maurício Picarelli (PMDB), há reclamações de consumidores que teriam recebido contas de luz acima do reajuste aprovado pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), de 30%.

A Energisa, empresa que também foi alvo de CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) na Assembleia, suspensa pela Justiça, será convocada para explicar os possíveis aumentos exorbitantes.

O parlamentar apresentou contas de energia de uma consumidora, com possível aumento maior do que o acordado. Em um mês de 2015, a cobrança veio o equivalente a seis meses de consumo do ano passado. Sobre isso, a empresa foi questionada e disse que a conta teria que ser paga, sem dar qualquer maior explicação, segundo o parlamentar.

Também devem participar da audiência o MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul), Procon (Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor), MPF-MS (Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul) e Energisa.

De acordo com o parlamentar, somente em há um abaixo-assinado com assinaturas de 4 mil consumidores que teriam contas irregulares. 

Saiba Mais