Moradores da região do Bairro Nova Campo Grande, onde dois corpos foram encontrados carbonizados nesta manhã (24), se deparam com motos e carros pegando fogo constantemente, segundo relatos feitos ao Jornal Midiamax. Os corpos estavam dentro de um Ford Fiesta em uma estrada de terra na Avenida Wilson Paes de Barros, a 500 metros da Avenida General Carlos Alberto de Mendonça.

O Midiamax foi até o local e conversou com o montador de palcos, Alisson Santos, que presenciou motos carbonizadas nos últimos meses. “Sempre vejo carros e motos pegando fogo aqui. Nos últimos meses, vi três motos carbonizadas”, comenta.

Um trabalhador da construção civil que passava pela avenida e não quis se identificar também afirma: “Esse lugar é usado com frequência para jogar corpos. Direto eu via a polícia aqui nessa área, mas há um tempo já não vejo. Também já vi carros queimados por aqui”.

A reportagem verificou que o local continua com sinais de fumaça.

Corpos encontrados carbonizados

Informações preliminares são de que os corpos estavam totalmente carbonizados, não sendo possível a identificação, nem se era um casal ou dois homens, ou duas mulheres, segundo o delegado que atendeu ao caso, Pablo Ricardo.

Os corpos estavam dentro de um veículo Ford Fiesta. Ainda segundo o delegado, um dos corpos estava no banco traseiro e o outro no porta-malas. Nenhum documento foi encontrado no local que pudesse ajudar na identificação das vítimas. Ainda segundo Pablo, só exames de DNA poderão identificar as vítimas. Não se sabe se elas foram mortas a tiros ou facadas.