Equipe de policiais civis lotados na Depac Centro (Delegacia de Pronto Atendimento do Centro) salvaram uma recém-nascida, vítima de engasgamento, em .

De acordo com informações, o pai da criança, chegou desesperado no plantão, com a criança já em estado de choque e com sinal de engasgamento. Imediatamente, toda a equipe se empenhou em prestar auxílio ao pai e dar assistência ao .

Foi então feita manobra de Heimilich e na sequência, acionado o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), contudo, como a criança ainda permanecia com coloração arroxeada, os policiais correram até a maternidade Cândido Mariano, onde o bebê foi atendido por e um médico.

Eles fizeram uma avaliação prévia e informaram que o recém-nascido estava bem, mas precisaria ser encaminhado para uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento), no caso foi levado a do Bairro Coronel Antonino. Uma viatura do Samu realizou o encaminhamento em veículo especializado para este tipo de remoção.

Segundo o pai, o bebê estava mamando na mãe, quando engasgou com o leite. O pai ainda tentou desengasgar a criança em casa mesmo, porém, ao perceber que não estava dando certo saiu correndo, pegou uma carona e foi parar na delegacia. “Eu saí correndo e quando vi a delegacia resolvi parar, pois se os policiais não pudessem salvar, pelo menos poderiam levar meu filho mais rápido, num veículo de emergência, para algum local apropriado. Mas graças a Deus deu tudo certo. Os policiais foram atenciosos e já na delegacia meu filho voltou 100%”, comentou.

O pai contou que o filho já recebeu alta e está em casa se recuperando e recebendo todo o amor necessário por toda a família e que está extremamente agradecida pelo atendimento a eles dispensados.

Participaram do salvamento os seguintes servidores: IPJ Flavio Ferras Cordeiro Piffer, IPJ André Luiz da Silva da Cruz, IPJ Licimar Teodoro Pinheiro e IPJ Keli Fabiner Branco.