Um homem de 49 anos foi detido e levado para a delegacia, na noite desta terça-feira (21), em Campo Grande, depois de incendiar uma casa no bairro Jardim Nhanhá. Agentes da Guarda Civil Metropolitana foram acionados para o local.

Os agentes foram até o local por volta das 18 horas, quando o morador de 56 anos teve a casa incendiada pelo autor, que foi encontrado escondido em um terreno baldio. A vítima disse que o homem estava bastante alterado, e tentava furtar fios de cobre da residência. 

Os focos foram extintos com a ajuda da guarda, sem a necessidade do acionamento do Corpo de Bombeiros. Quando encontrado, o autor tentou agredir os agentes, que usaram spray de pimenta para contê-lo. Ele foi algemado e encaminhado para a delegacia.

Furtos de fios de cobre

Operações realizadas para fiscalizar e coibir a venda irregular de fios de cobre em Campo Grande prenderam 4 pessoas e notificaram 36 empresas que faziam o comércio ilegal do produto. Na maioria dos casos, o produto furtado é vendido em comércios clandestinos e o dinheiro destas vendas está relacionado ao tráfico de droga.

“Só neste ano fizemos 41 operações para fiscalizar a venda de fios de cobre em Campo Grande. Notificamos 36 empresas pelo comércio irregular do material e prendemos 4 pessoas. Antes do decreto fazíamos as ações, mas não conseguimos prosseguir, agora com a regulamentação, temos como coibir essa prática porque temos mais respaldo e mais legalidade”, observou o secretário especial de segurança do município, Anderson Gonzaga.

Em Campo Grande as fiscalizações ocorrem de forma integrada entre equipes da GCM (Guarda Civil Metropolitana), subordinada a Sesdes (Secretaria Especial de e Defesa Social), (Secretaria Municipal de e Desenvolvimento Urbano), Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), Sisep (Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos), Polícia Militar e Polícia Civil.

Saiba Mais