Com mandado de prisão preventiva expedido pela 1ª Vara do Tribunal do de Campo Grande, Félix Plínio Franco, de 65 anos, foi preso na última segunda-feira em Assunção, capital do , e entregue para a Polícia Federal brasileira.

O foragido é natural de , segundo informações da Polícia Federal e estava foragido desde 2018. Ele foi localizado e preso após dar entrada em um para tratamento de queimaduras, devido aos ferimentos que sofreu em uma explosão de gás durante um trabalho de solda que realizava.

Após o recebimento do preso, os policiais federais encaminharam-no para a Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu/PR para a comunicação do cumprimento do mandado de prisão em aberto ao juízo competente e a realização dos demais procedimentos judiciais cabíveis.

O preso foi extraditado na noite desta terça-feira e entregue na área de segurança da Ponte da Amizade, na fronteira com Ciudade del Este. Ele aguardará, na custódia da Polícia Federal, a definição da unidade prisional onde deverá ser transferido para continuar respondendo ao crime de homicídio.