Preso, assassino de idoso diz que foi ameaçado após pegar dinheiro emprestado

Ele teria deixado um carro como garantia
| 30/06/2022
- 18:00
Preso, assassino de idoso diz que foi ameaçado após pegar dinheiro emprestado
Caso é investigado pela Defurv - Foto: Stephanie Dias/Midiamax

Preso em no fim da manhã desta quinta-feira (30), homem de 37 anos acusado de assassinar Wilson Pereira de Souza, de 63 anos, disse que foi ameaçado por ele. O idoso foi encontrado morto a tiros dentro de casa, no Jardim Centenário, nesta manhã.

Segundo o delegado Roberto Guimarães, da Defurv (Delegacia Especializada de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos), o autor do crime tem passagens por porte ilegal de arma e agressão. Quando preso, ele chegou a revelar que tinha pegado dinheiro emprestado com Wilson e, como garantia, deixou o Gol vermelho.

Acusado foi preso pela Defurv
Delegado Roberto - Foto: Stephanie Dias

Nesta manhã, com a informação do roubo do veículo após o assassinato, a Defurv iniciou investigação sob suspeita de latrocínio. O dono do carro foi identificado e equipes acompanhadas do GOI (Grupo de Operações e Investigações) foram até o endereço, uma espetaria no São Conrado.

Tentou fugir antes de ser preso

Os policiais foram até o estabelecimento, mas não encontraram ninguém. Eles chamaram várias vezes e não foram atendidos. Então, saíram do local e ligaram no telefone do acusado. Ele atendeu e chegou a revelar que estava em casa.

Quando os policiais voltaram ao endereço, encontraram o já saindo do local. Ele deu respostas desconexas sobre o crime e o carro, com as mesmas características indicadas do que foi levado da casa de Wilson, foi encontrado na espetaria.

Arma de fogo foi encontrada, além de uma caixa de munições. O revólver usado no assassinato também foi encontrado e apreendido e o suspeito recebeu voz de prisão. Informalmente, ele confessou o crime e disse que tinha sito ameaçado por Wilson após ter uma discussão, por isso atirou.

Já na delegacia, acompanhado de advogados, ele permaneceu em silêncio. O suspeito responderá pela posse irregular de arma de fogo e homicídio qualificado por motivo fútil.  

Vizinho encontrou idoso morto

O idoso trabalhava com guincho e sempre pela manhã já estava acordado. Um vizinho achou estranho o fato do homem não aparecer e foi até a residência, encontrando a vítima morta no local.

Várias cápsulas deflagradas foram encontradas dentro da casa. Vizinhos contaram terem ouvido uma discussão na noite de quarta-feira (29), com um desconhecido.

Veja também

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Campo Grande de e Miranda fiscalizaram 46 embarcações e...

Últimas notícias