Mulher que ‘surtou’ com motorista de aplicativo é bipolar e toma medicação, diz pai

Ele relatou que a filha sofre violência doméstica, o que provocaria os surtos
| 20/01/2022
- 17:21
Pai registrou BO contra o genro
Pai registrou BO contra o genro - (Foto: Leonardo de França, Midiamax)

Nesta quinta-feira (20), após saber que a filha de 25 anos foi ferida a tiro e detida ao ter um episódio de surto com um motorista de aplicativo, no Centro, pai procurou a delegacia. Ele relatou que a jovem sofre de bipolaridade e toma medicação controlada.

Segundo relato do pai, de 50 anos, a mulher sofre de transtorno bipolar e toma medicamento controlado. No entanto, problemas no relacionamento dela com o namorado acabam causando os surtos. Ainda de acordo com o pai, o rapaz é traficante, já foi preso e inclusive atualmente usa tornozeleira eletrônica.

O homem é suspeito de violência doméstica contra a mulher, tanto física quanto psicológica, e inclusive teria feito várias ameaças por áudios no WhatsApp. O casal estaria junto há aproximadamente um ano e quatro meses, mas a família já tinha pedido para que o homem se afaste da mulher.

Nesta madrugada, o pai teria flagrado o rapaz na casa do avô da mulher, que fica ao lado da casa dele. O pai então ‘foi para cima’ do genro, sabendo dos problemas dele com a filha. Ainda conforme o homem, a filha chegou a ser agredida na última semana pelo namorado.

O rapaz teria ameaçado o sogro de morte após ser flagrado invadindo a casa do avô da namorada. Nesta manhã, a mulher teve um surto após sofrer pressão psicológica do namorado, ela chegou a ser contida por um bombeiro amigo da família. No entanto, se armou com a faca e foi até a casa de uma amiga.

A amiga então pediu o motorista de aplicativo para a mulher ir embora. No caminho, ela teria tido o surto e ameaçou o motorista com a faca. O pai conta que pretende interditar a jovem, que inclusive já tentou suicídio. Ele tem a guarda das netas, filhas da mulher, que têm 4 e 7 anos e também vai pedir medida protetiva contra o genro.

“Quero ver ele e pedir perdão pelo que minha filha fez”, disse sobre o motorista de aplicativo. O homem aguarda na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, onde fez boletim de ocorrência por ameaça contra o namorado da filha. Ela está na Santa Casa.

(Matéria alterada ás 14h14 para acréscimo de informação).

Veja também

A Polícia Militar de Corumbá prendeu dois colombianos por ameaça e vias de fato, nesta...

Últimas notícias