Moradores de condomínio em Campo Grande acabam na delegacia por briga após festa julina

Vizinhos foram levados para a Depac
| 17/07/2022
- 06:47
Moradores de condomínio em Campo Grande acabam na delegacia por briga após festa julina
Caso foi registrado na Depac Cepol - Foto: Henrique Arakaki/Midiamax

de um condomínio em Campo Grande acabaram na delegacia na madrugada deste domingo (17), após confusão após a festa julina do residencial. A confusão aconteceu no Jardim Canguru e teve agressões entre os autores.

Polícia Militar foi acionada para ir até o condomínio, de acordo com o boletim de ocorrência, e identificou uma briga entre moradores. Vários condôminos estavam fora dos apartamentos e havia uma discussão.

Os policiais identificaram uma das envolvidas, uma mulher de 24 anos, e ela relatou que estava na festa julina do condomínio e voltava para o apartamento com o marido, de 21 anos, quando um funcionário teria começado a discutir com o rapaz. A briga teria começado após o suspeito, de 24 anos, alegar que o rapaz de 21 anos o estaria encarando.

Com isso os dois começaram a brigar e se agrediram. Ainda de acordo com a mulher, uma outra suspeita, de 47 anos, teria passado e puxado o cabelo dela, quando as duas também passaram a brigar. Já a suposta autora alegou que passava pelo local quando foi agredida pela vizinha e se defendeu.

Conforme os policiais, uma foi encontrada com o rapaz de 21 anos, que estava bastante nervoso. Ele disse que estava com a faca para se defender. Os três moradores envolvidos acabaram na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol, mas o funcionário não foi encontrado. Os quatro responderão por vias de fato e lesão corporal dolosa.

De acordo com o síndico do condomínio, não havia funcionário no horário da confusão envolvendo os moradores.

*Matéria editada às 15h05 de 18/07/2022 para acréscimo de informação

Veja também

Laudos sobre perícia feita na Prefeitura devem ficar prontos até esta quarta-feira (17)

Últimas notícias