Na tarde desta segunda-feira (27), professor de música foi preso em Água Clara, a 193 quilômetros de Campo Grande, em cumprimento a mandado de prisão preventiva por estupro de vulnerável. Ele teria abusado de uma aluna de 9 anos.

Segundo a Polícia Civil, a prisão foi feita no âmbito da Operação Acalento. Na última quinta-feira (23), Conselho Tutelar encaminhou a mãe da vítima até a delegacia e ela relatou o abuso que sofreu na escola de música.

A mãe disse que foi buscar a menina na escola e a encontrou trancada no banheiro com o professor. Ela questionou o que estava acontecendo e o homem disse apenas que estava fazendo a limpeza do local.

Para a mãe, a menina não quis falar o que tinha acontecido, mas depois acabou contando que foi abusada sexualmente pelo professor. Ela passou por exame sexológico, constatando o estupro.

Foi feita representação pela prisão preventiva do acusado, que foi decretada pelo Judiciário. Nesta segunda, ele foi preso.