Criminosos teriam pedido resgate de R$ 3 milhões para família de brasileira sequestrada na fronteira

Uma mulher acabou presa suspeita de envolvimento no sequestro
| 06/02/2022
- 14:12
Criminosos teriam pedido resgate de R$ 3 milhões para família de brasileira sequestrada na fronteira
(Reprodução)

Os criminosos que sequestraram Célia Morais Pinheiro nesse sábado (5), em Ponta Porã a 346 quilômetros de Campo Grande teriam pedido a família da brasileira. O carro usado pelos criminosos foi localizado em uma oficina, e digitais foram coletadas para análise. 

Inicialmente, os bandidos haviam feito pedido de resgate de R$ 5 milhões, mas acabaram baixando o valor para R$ 3 milhões, segundo o site ABC Color. Ainda na noite de sábado, uma mulher acabou presa em São Paulo. Ela estaria em contato com a família de Célia para o pedido de resgate.

De acordo com o Secretário de Segurança de Ponta Porã, Marcelino Nunes, a prisão ocorreu após trocas de informações entre agentes de segurança das polícias civil, militar, DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e da Guarda Municipal de Fronteira.

O pedido de resgate seria a mando de um dos chefes do sequestro, de 33 anos. Ele está sendo procurado e seria natural de Capitan Bado, no Paraguai. No período da tarde o Gol usado para levar Célia foi encontrado e está sendo periciado. A mulher que seria o dono do veículo foi detida. Informações indicam que ela vendeu o carro, lavrando em cartório a negociação. Ela continua prestando depoimento para a Polícia Nacional do Paraguai. 

Por ordem do secretário de Segurança Pública do Mato Grosso do Sul, Antônio Carlos Videira, todas as equipes disponíveis na região de fronteira foram mobilizadas.

Veja também

Equipe da Base Operacional de Vista Alegre, da Polícia Militar Rodoviária, apreendeu três cargas de...

Últimas notícias