Mantida mais de 24h em cárcere, mulher sequestrada na fronteira é resgatada e está com a família em MS

Bandidos teriam exigido resgate de R$ 3 milhões, mas polícia conseguiu desmantelar plano
| 06/02/2022
- 19:06
Mantida mais de 24h em cárcere, mulher sequestrada na fronteira é resgatada e está com a família em MS
Foto: Reprodução

Célia Morais Pinheiro, a brasileira sequestrada na manhã de sábado (5), em Ponta Porã, voltou para a família neste domingo (6). Ainda na noite de sábado, uma mulher que estaria em contato com a família de Célia para o pedido de resgate acabou presa em São Paulo.

Conforme o delegado João Paulo Sartori, do (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros), com trabalho conjunto das forças de segurança de MS, o setor de inteligência da polícia conseguiu localizar o cativeiro e resgatar a vítima. Não foi informado o local onde Célia estava. 

De acordo com o Secretário de Segurança de Ponta Porã, Marcelino Nunes, o marido da vítima postou nas redes sociais, nesta tarde, um agradecimento às orações e torcida, pois a esposa já estava com a família.

Os criminosos que sequestraram Célia teriam pedido resgate à família da brasileira e, de acordo com Sartori, esse pagamento não foi feito, frustrando o plano da quadrilha. O carro usado pelos criminosos foi localizado em uma oficina, e digitais foram coletadas para análise.

Inicialmente, os bandidos haviam feito pedido de resgate de R$ 5 milhões, mas acabaram baixando o valor para R$ 3 milhões, segundo o site ABC Color.

O pedido de resgate seria a mando de um dos chefes do sequestro, de 33 anos. Ele está sendo procurado e seria natural de Capitan Bado, no Paraguai. No período da tarde, o Gol usado para levar Célia foi encontrado e está sendo periciado.

A mulher que seria proprietária do veículo foi detida. Informações indicam que ela vendeu o carro, lavrando em cartório a negociação. Ela prestou depoimento para a Polícia Nacional do Paraguai.

Por ordem do secretário de Segurança Pública do Mato Grosso do Sul, Antônio Carlos Videira, todas as equipes disponíveis na região de fronteira foram mobilizadas.

*Matéria atualizada às 15h28 para acréscimo de informações. 

Veja também

Últimas notícias