Bar é interditado e autuado pela PMA por poluição sonora no interior de MS

Além disso, vários equipamentos foram apreendidos
| 22/05/2022
- 19:29
Bar é interditado e autuado pela PMA por poluição sonora no interior de MS
Aparelhos apontando a poluição sonora (Foto: Divulgação/PMA)

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou em R$ 10 mil e interditou um bar em Chapadão do Sul, a 330 quilômetros de Campo Grande, após ser flagrado causando poluição sonora e perturbando a vizinhança.

O caso aconteceu depois que policiais militares ambientais de Costa Rica e policiais militares da 4ª CIPM de Chapadão do Sul realizaram uma conjunta para solucionar o problema e autuaram o proprietário de um bar denunciado, por emissão de som acima dos limites permitidos por Lei (poluição sonora).

Foi medida com um decibelímetro a pressão de som emitida pelas aparelhagens instaladas no estabelecimento comercial, onde era realizado um show, pelos Policiais do Setor de Inteligência da PMA de Costa Rica, sendo efetivadas medições como determinam as normas, que perfizeram em média 71 decibéis, quando a potência permitida para o horário e região onde funcionava é de 50 decibéis. Depois das medições configurando o crime, as equipes foram ao local e as atividades foram paralisadas.

As aparelhagens foram apreendidas. O proprietário do bar, de 25 anos, residente em Chapadão do Sul, foi autuado administrativamente e foi multado pela PMA em R$ 10 mil. Ele também foi conduzido, juntamente com o material apreendido, à delegacia de e responderá por crime ambiental de poluição sonora. A pena é de um a quatro anos de reclusão.

Veja também

Equipe da Base Operacional de Ponta Porã, da Polícia Militar Rodoviária, apreendeu R$ 1,5 milhão...

Últimas notícias