Polícia

Morto em troca de tiro ainda não foi identificado e menor envolvido ficou em silêncio

Polícia trabalha para identificar ladrão que foi morto na BR-163, já menor foi levado para Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude

Lucas Mamédio, Graziela Rezende e Gabriel Neves Publicado em 30/12/2021, às 18h32

Carro roubado usado pelos suspeitos
Carro roubado usado pelos suspeitos - (Foto: Divulgação)

A PM (Polícia Militar) ainda não identificou o homem morto durante troca de tiros na tarde desta quinta-feira (30) na BR-163, saída para São Paulo, em Campo Grande. O outro envolvido, um menor de 16 anos, preso pela Guarda Municipal após fugir do local onde o tiroteio aconteceu, permaneceu em silêncio e foi levado para a Deaij (Delegacia. Especializada de Atendimento à Infância e Juventude).

[Colocar ALT]
Menor preso pela Guarda Municipal

Segundo informações apuradas pelo Jornal Midiamax, os dois suspeitos estavam fugindo pela rodovia em direção ao distrito de Anhanduí após terem roubado um veículo Ford Ka. A partir do início da fuga, foi montado um cerco envolvendo o Batalhão de Choque, (PRF) Polícia Rodoviária Federal, Guarda Municipal e policiais militares do distrito de Anhanduí.

Próximo ao km 429 da BR-163, os policiais de Anhanduí, onde o caso foi registrado, viram o carro roubado em alta velocidade e fazendo "zig zag" pela pista. Os PMs atravessaram a viatura na pista para montar a barreira e, percebendo que o veículo não desacelerou, deram dois tiros, que acertaram a frente do carro. 

Os dois suspeitos então pararam o carro e fugiram para dentro da mata às margens da rodovia. A polícia começou a varredura no local e, quando se aproximaram de um deles, esse teria reagido apontando a arma para os policiais, quando foi alvejado com tiros no peito e morto. O socorro foi acionado e o suspeito levado à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Guaicurus, mas não resistiu.

Como já informado, o segundo suspeito do crime acabou preso pouco tempo depois em um galpão numa fazenda próximo ao local da fuga.

Jornal Midiamax