Produtor rural de 66 anos foi autuado em R$ 4,2 mil pela PMA (Polícia Militar Ambiental) nesta quarta-feira (29), depois de derrubar 13 hectares de árvores da propriedade para renovação de pastagem. os fatos ocorreram em Mundo Novo, a 462 quilômetros de Campo Grande. Ele teria agido sem autorização ambiental.

As árvores foram arrancadas pela raiz e amontoadas em coivaras e algumas teriam exploradas a madeira. A terra já estava gradeada para o plantio da pastagem. As atividades foram paralisadas. O infrator, residente em Tacuru, responderá por crime ambiental de exploração de madeira ilegalmente. A pena é de seis meses a um ano de detenção.